Matérias » Personagem

5 anos comendo apenas arroz e pimenta: a triste saga da chinesa Wu Huayan

Órfã desde muito nova, a Huayan teve de criar seu irmão enquanto tentava viver com menos de dois reais por dia

Pamela Malva Publicado em 03/10/2020, às 09h00

Wu Huayan, já internada no hospital
Wu Huayan, já internada no hospital - Divulgação/Youtube

A chinesa Wu Huayan tinha apenas quatro anos quando perdeu sua mãe. Com um irmão mais novo diagnosticado com problemas de saúde mental, ela teve de amadurecer muito cedo e aprendeu a criar o garoto ao lado de seu pai.

Tudo piorou, entretanto, quando o pai das crianças faleceu, enquanto eles ainda estavam na escola, e os irmãos foram morar com os avós. O problema é que, já em idade avançada, os idosos não contavam mais com uma saúde estável.

Acometidos por diversas condições, os avós dos irmãos não tinham dinheiro o suficiente para custear o próprio tratamento. Não demorou muito, então, até que Wu e seu irmão perdessem mais membros da família. Sozinhos novamente, tiveram de se mudar mais uma vez, agora para a casa dos tios.

Fotografia de Wu Huayan no hospital / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Terceira casa

Vivendo próximos à linha da pobreza, a família não tinha muito dinheiro na conta ao final do mês. Com mais duas bocas para alimentar, os tios de Wu conseguiam ajudar os irmãos com apenas 300 yuans por mês (aproximadamente R$ 180).

Grande parte da quantia, contudo, era canalizada para os tratamentos de saúde mental do irmão da jovem. Com as diversas contas em mãos, então, Wu passou a viver com apenas 2 yuans por dia (cerca de R$ 1,15). E assim ela se manteve por 5 longos anos.

Foram meses de alimentação insuficiente que levaram Wu ao estado de desnutrição. Ela, afinal, se alimentava apenas com porções de arroz e pimenta, um cardápio limitado, a fim de economizar o máximo de dinheiro possível.

Pedido de socorro

Em outubro de 2019, Wu já estava no terceiro ano da faculdade quando sentiu que precisava de ajuda. Nascida na província chinesa de Guizhou, a jovem foi rapidamente internada e seu estado de saúde surpreendeu os profissionais do hospital.

Com o porte físico de uma criança, Wu deu entrada na instituição com pouco mais de 20 kg. Extremamente debilitada, a chinesa recebeu tratamentos intensos e conseguiu ganhar certo peso, mas não resistiu à sua condição precária.

A morte de Wu Huayan, que tinha 24 anos e já pesava 30 kg, foi registrada no dia 13 de janeiro de 2020. Seu fim comoveu toda a China, que antes se mobilizava para ajudar os irmãos, criando vaquinhas e arrecadações de dinheiro online.

Wu Huayan já internada no hospital / Crédito: Divulgação/Youtube

 

O sumiço do dinheiro

Além do luto, a partida de Wu também reacendeu diversas discussões sobre desigualdade social e corrupção na China. Isso porque, ainda que a jovem estivesse recebendo ajuda do governo antes de morrer, muitos afirmam que ela foi enganada.

Segundo conhecidos da jovem, a chinesa nunca teve total conhecimento do dinheiro que lhe foi doado pela internet. Certa quantia, destinada a uma cirurgia que Wu não conseguiu fazer, por exemplo, simplesmente desapareceu, após ser arrecada através de uma vaquinha online no nome da jovem.

Para muitos críticos do caso da chinesa, contudo, o Estado também deve ser culpado pela extrema pobreza em que Wu e seu irmão viviam. Ainda que a jovem recebesse um subsídio mensal poucos meses antes de falecer, o povo culpa o governo por não ter identificado a necessidade dos irmãos antes que a situação ficasse crítica demais.


+Saiba mais sobre a China através das obras abaixo, disponíveis na Amazon Brasil:

Mao's War Against Nature: Politics and the Environment in Revolutionary China, de Judith Shapiro (2001) - https://amzn.to/2Hmnv2o

Mao: A história desconhecida, de Jon Halliday e Jung Chang (e-book) - https://amzn.to/2oXZskY

The Archaeology of Early China: From Prehistory to the Han Dynasty (Edição Inglês), de Gideon Shelach-Lavi (e-book) - https://amzn.to/35ts58I

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W