Matérias » Religião

Do Jedismo ao culto ao Príncipe Philip: 5 religiões pouco conhecidas

Saiba sobre diferentes religiões existentes no mundo que poucas pessoas conhecem

Giovanna Gomes Publicado em 24/11/2020, às 11h00

Fãs da série Star Wars
Fãs da série Star Wars - Divulgação

Desde que começaram a surgir as primeiras civilizações, as religiões se fizeram presentes na vida dos seres humanos. Milhões e até mesmo bilhões de pessoas ao redor do mundo são adeptas a religiões como Cristianismo, Budismo, Islamismo, Xintoísmo, entre tantos outros sistemas de crenças já muito conhecidos.

No entanto, há inúmeras religiões pouco conhecidas, mas que compõem um considerável número de adeptos em diversas localidades do globo. Confira cinco dessas religiões que são pouco conhecidas pelo grande público.

1. Pastafarianismo ou Igreja do Monstro do Espaguete Voador

O pastafarianismo foi fundado em 2005 pelo físico norte-americano Bobby Henderson. nome desssa religião é uma junção do termo “pasta”, que em inglês se refere a macarrão e outras massas, e ao “rastafári”, movimento religioso da Jamaica. 

Membro da igreja/ Crédito: Wikimedia Commons

 

A religião surgiu como protesto contra a decisão do Conselho de Educação do Estado do Kansas de permitir o ensino do criacionismo e do design inteligente em vez da teoria da evolução nas escolas. Contrário à decisão, Bobby enviou uma carta aos membros do conselho na qual dizia que o criacionismo era tão plausível quanto a ideia da existência de um mostro do espaguete voador.

Não demorou muito e o documento se tornou público, de modo que viralizou na internet. Assim, a religião satírica, que conta com um evangelho próprio, conquistou milhares de adeptos, conhecidos, desde então, como pastafarianos.


2. Religião do Príncipe Philip

Os membros da tribo Yaohnanen de Vanuatu, na Oceania, têm o marido da rainha Elizabeth II como um ser divino. Para eles, Philip é filho de um espírito da montanha que viajou pelos mares para um lugar distante, se casou com uma mulher poderosa e que deverá voltar à sua terra um dia. No entanto, não se sabe ao certo a origem dessa religião.

Joseph Kanou com fotos do Príncipe Philip / Crédito: Divulgação

 

Fato é que em todas as tardes os Yaohnanen se reúnem, tomam o kava, uma bebida tradicional feita de raízes e rezam para o Príncipe Philip. Segundo declarou um membro da tribo chamado Jimmy Joseph Nakou, em uma entrevista ao The Independent, toda vez que eles pedem ao príncipe por chuva ou por boas épocas nas plantações elas acontecem.


3. Igreja de Todos os Mundos

A Igreja de Todos os Mundos é uma religião neo-pagã americana fundada pelo casal Oberon e Morning Glory Zell-Ravenhart no ano de 1962. Ela surgiu a partir de um grupo de amigos que se inspiraram em uma religião presente no livro de ficção científica Stranger in a Strange Land (Um Estranho Numa Terra Estranha), de Robert A. Heinlein.

Imagem presente no site da instituição/ Crédito: Divulgação

 

Com sede na cidade de Cotati, na Califórnia, seus membros são chamados Waterkin e realizam cultos a diversas divindades, em especial as da Grécia antiga.

De acordo com informações presentes no site da instituição, "a missão da Igreja de Todos os Mundos é desenvolver uma rede de informação, mitologia e experiência que forneça um contexto e estímulo para despertar Gaia e reunir seus filhos através da comunidade tribal dedicada à administração responsável e à evolução da consciência".


4. Igreja do Subgênio

Criada nos anos 1970 pelo produtor cinematográfico e escritor Ivan Stang, a Igreja do Subgênio é uma religião satírica que conta com milhares de seguidores nos EUA. Os adeptos do movimento realizam críticas às verdades absolutas e ao fundamentalismo religioso de religiões como o Mormonismo, Evangelicismo e a Cientologia.

Ivan Stang, o fundador da religião/ Crédito: Divulgação

 

A Igreja do Subgênio ainda tem como figura central um suposto vendedor chamado J.R. “Bob” Dobbs, o qual seria uma espécie de profeta para os membros. Ele seria a figura exemplar dos anos de abundância dos EUA pós-Segunda Guerra, representandoo conformismo e a satisfação material.

Bob ainda traz a mensagem de que todos podem ser salvos a partir do relaxamento, ideia desenvolvida após seu encontro com alienígenas que lhe passaram "a palavra". Segundo ele, existe um complô universal das "pessoas normais" — os medíocres — para sufocar os anormais, os subGenius.


5. Jedismo

É uma religião baseada na série Star Wars e que não possui um fundador ou estrutura central. No entanto, possui uma base forte de seguidores, sendo que no senso de 2001, 0,7% dos britânicos e 1,5% dos neozelandenses disseram seguir o Jedismo, a qual ficou em sexto lugar entre as religiões mais praticadas nesses países.

Adeptos ao Jedismo/ Crédito: Divulgação

 

A base comum das igrejas jedistas é o "código jedi". Há quem diga que a crença se trata de uma mistura de taoismo e budismo, enquanto outros consideram ser apenas um grupo de fãs radicais da série.


+Saiba mais sobre religiões através de grandes obras disponíveis na Amazon:

Buda: Sua Vida Seus Ensinamentos e o Impacto da sua Presença na Humanidade, Osho (2011) - https://amzn.to/2UziOKz

Demonologia estudo Dicionario sistemático dos demônios, Fernando Guedeshttps://amzn.to/35hltdv

Introdução à Filosofia Budista, Ana Paula Gouveia (e-book) - https://amzn.to/2Sa0y8R

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W