Matérias » Segunda Guerra

A revelação do Massacre de Katyn, autorizado por Stalin, em 10 imagens impressionantes

Em 1940, seis membros do alto escalão soviético assinaram a execução de mais de 20 mil poloneses, sendo mais da metade dos prisioneiros de guerra

Wallacy Ferrari Publicado em 05/03/2020, às 10h52

Após descobertos, alguns dos corpos identificados puderam receber um respeitoso funeral pela família
Após descobertos, alguns dos corpos identificados puderam receber um respeitoso funeral pela família - Wikimedia Commons

Em 5 de março de 1940,  uma ordem para autorizar um genocídio na Polônia contra oficiais do exército, professores, engenheiros, advogados e outros cidadãos poloneses que exerciam funções intelectuais no país, foi assinada por seis membros do alto escalão soviético, incluindo Joseph Stalin.

Com a estratégia administrada pela NKVD, Comissariado do Povo para Assuntos Internos, território polonês já estava tomado desde setembro de 1939, com os cidadãos presos. Levados a Katyn, os prisioneiros foram enfileirados e receberam tiros na nuca. Em seguida, foram enterrados em valas comuns na região.

Em 1943, uma comissão de investigação alemã recebeu informações sobre o genocídio e o local, decidindo ir representado por uma equipe de 12 especialistas de diversos países para desenterrar os corpos e realizar a contagem dos executados. O número estimado de mortos foi de 22 mil prisioneiros.

Confira 10 imagens da retirada dos corpos em Katyn:

1. Os primeiros objetos, junto ao primeiro cadáver exumado, sendo analisados

Créditos: Getty Images

 

2. Alguns dos corpos, ainda em suas valas, quando descobertos

Créditos: Getty Images

 

3. Aos poucos, os corpos foram retirados e enfileirados para a contagem

Créditos: Getty Images

 

4. Em visão aérea, os corpos encontrados são fotografados para a estimativa

Créditos: Getty Images

 

5. Especialistas alemães e um membro da Cruz Vermelha polonesa analisam um dos corpos encontrados

Créditos: Getty Images

 

6. Com a descoberta, a equipe teve de aumentar para dar conta das exumações

Créditos: Getty Images

 

7. Pesquisadores tiram medidas do crânio encontrado buscando características que o identifique

Créditos: Getty Images

 

8. Um dos corpos encontrados, enterrados amontoados e sem caixões

Créditos: Getty Images

 

9. Um dos corpos encontrados vestia o uniforme do Exército polonês

Créditos: Getty Images

 

10. O crânio de um prisioneiro executado, com o notável declive graças ao tiro que recebeu

Créditos: Getty Images

+Saiba mais sobre a Segunda Guerra através das obras abaixo

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/2RdWQeu

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Lgur3l

Guerra: O horror da guerra e seu legado para a humanidade, de Ian Morris (2015) - https://amzn.to/37RGL3M

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial (2017) - https://amzn.to/2LgFw4z

O Essencial da Segunda Guerra Mundial (2014) - https://amzn.to/37VuICC

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.