Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Entretenimento

As comoventes palavras finais do astro Patrick Swayze, reveladas pela viúva

Protagonista de clássicos como 'Dirty Dancing' e 'Ghost', o ator enfrentou um câncer em seus últimos anos de vida

Wallacy Ferrari Publicado em 15/06/2022, às 19h34 - Atualizado às 19h35

Patrick Swayze durante evento em 2004 - Getty Images
Patrick Swayze durante evento em 2004 - Getty Images

Durante as décadas de 1980 e 1990, o ator e cantor Patrick Swayzefoi projetado mundialmente como um dos ícones de Hollywood ao estrelar diversos sucessos de bilheterias, como 'Ghost - Do Outro Lado da Vida' e 'Dirty Dancing: Ritmo Quente'. Em uma carreira notável, angariou fãs pelo planeta, tornando-se um dos principais galãs da História do cinema.

Contudo, no final da década de 2000, a revelação de um tumor no pâncreas, que rapidamente se expandiu e deteriorou sua saúde, chamou atenção dos fãs do ator em suas últimas aparições, cada vez mais raras e dificultadas pela saúde. Ao longo de 20 meses, ele recorreu a tratamentos especializados para tentar vencer a patologia, sem sucesso.

O período, inteiramente acompanhado pela esposa do ator, Lisa Niemi, foi coberto no livro de memórias 'Worth Fighting for: Love, Loss, and Moving Forward'. De acordo com ela, antes mesmo do ator morrer, uma série de ações foram programadas para que ele se sentisse melhor em seus dias finais.

Patrick Swayze ainda em vida com a esposa Lisa Niemi / Crédito: Getty Images

Já recebendo cuidados especiais, ele passou os últimos dias em um rancho que comprou anos antes, recebendo a visita de pessoas queridas e, em especial, do cavalo favorito do ator, um garanhão intitulado Roh, que foi levado pela companheira para ser acariciado uma última vez.

Palavras finais

Conforme noticiado pelo portal da revista norte-americana Far Out, a última conversa do astro com a esposa se deu em setembro de 2009, pouco tempo antes de seu falecimento. Narrando a situação, o diálogo curto requereu esforço do ator, que se restringiu a poucas palavras.

Minhas últimas palavras para Patrick? 'Eu te amo', e essas foram suas últimas palavras para mim. [...] Depois que o trouxe para casa, as coisas foram muito rápidas. Eu apreciava nosso tempo sozinho, segurando sua mão, ouvindo música, dormindo com meu braço em volta dele, minha cabeça em seu ombro, sem palavras”.

Lisa acrescentou que, na manhã de 14 de setembro daquele ano, já sentiu que o marido estava próximo de partir, como ocorreu ao longo daquele dia, com Patrick falecendo aos 57 anos: “olhei para o rosto dele e ouvi os pequenos goles de ar que ele estava tomando. Havia algo delicado, infantil nisso. Eu sabia que era hora”.