Matérias » Personagem

Da intimidade conturbada a prisão: 5 fatos polêmicos sobre Kurt Cobain

Do envolvimento com drogas ao relacionamento conturbado, o astro do rock teve uma vida repleta de problemas

Penélope Coelho Publicado em 03/08/2020, às 16h54

Kurt Cobain em 1991
Kurt Cobain em 1991 - Wikimedia Commons

1. Uso de Heroína

Nascido em 20 de fevereiro de 1967 em Aberdeen, Washington, nos EUA, o vício foi um problema recorrente na vida de Kurt Donald Cobain. Antes de se tornar uma das figuras mais conhecidas do rock grunge no mundo, o norte-americano já demonstrava sinais de dependência química.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal El País, aos sete anos de idade, Kurt precisou ir ao médico para tratar um transtorno de déficit de atenção, os doutores receitaram para o garoto uma medicação chamada Ritalina — e desde então, o cantor afirmou que nunca mais deixou de usar drogas, mesmo que de uma maneira diferente.

No auge de sua fama o homem se tornou viciado em heroína, Cobain sofria com dores crônicas em seu estômago e apesar de ter os melhores médicos do mundo à sua disposição, seu problema nunca teve um diagnóstico e por isso, nunca foi tratado como deveria.

Não demorou muito para que o roqueiro passasse a usar a droga diariamente, já que segundo o cantor, a substância ajudava a aliviar suas dores. Em uma entrevista que o astro cedeu para a rede de televisão MTV, ele chegou a afirmar que gastava mais de 100 dólares por dia na compra de heroína.


2. Relacionamento tóxico

Courtney Love em 1995 / Crédito: Wikimedia Commons

 

A vida amorosa do homem que deu vida a canção Smells Like Teen Spirit, também se tornou uma parte categórica em sua trajetória. Em especial seu relacionamento com Courtney Love, a vocalista da banda Hole. Os roqueiros se conheceram em 1991 e em poucos anos viveram uma união intensa e perturbada.

A relação foi baseada em muita polêmica e inconveniências, os dois abusavam do uso de drogas e também enfrentavam problemas com a saúde mental instável. Mesmo contra a vontade de quem os rodeava, Cobain e Love se casaram em 1992, na ocasião, o cantor foi à cerimônia usando pijamas, poucos compareceram ao casamento, oito pessoas no total, já que a união não agradava.

Em meio a brigas, ameaças de suicídio e crises de ciúmes, o relacionamento rendeu a única filha do casal, Frances Bean Cobain, nascida em 1992. Inicialmente, para Kurt e Courtney a tarefa de criar uma filha não foi fácil, os dois enfrentaram problemas sérios na justiça.


3. Perda da custódia

Em agosto de 1992, o casal do rock estampou as manchetes dos jornais após a divulgação de uma reportagem na revista Vanity Fair, que acusava Love de ter usado heroína durante a gravidez. Na época a mulher negou às acusações, entretanto, a pressão da mídia chamou a atenção das autoridades de Los Angeles — local onde o casal morava.

De acordo com reportagem publicada em 2009 pela revista Rolling Stone, a polícia proibiu Love e Kurt de ficarem sozinhos com a filha durante um mês. Após uma longa batalha na justiça, o casal conseguiu recuperar por completo a guarda de Francis, quando o serviço de proteção à criança de L.A suspendeu a supervisão de como os roqueiros cuidavam da menina.

Na época, o vocalista assumiu ter usado heroína quando a filha era bebê, porém, também afirmou ter dado entrada em uma clínica de reabilitação a fim de dar um fim ao seu vício. Contudo, em maio de 1993, algumas semanas depois de recuperar a custódia de Frances, Kurt usou a droga novamente e sofreu uma overdose na frente de sua esposa, irmã e mãe.


4. Preso por falar que Deus era gay

Conhecido por ter sido uma figura pioneira na luta pelas causas sociais, Kurt condenava a homofobia e o sexismo, por diversas vezes o norte-americano saiu em defesa das minorias.

Em uma ocasião o homem chegou a afirmar que era gay somente para que os homofóbicos ficassem irritados. Contudo, o astro acabou sendo preso certa vez após estar envolvido em uma polêmica envolvendo religiosos.

Quando ainda morava em Aberdeen — cidade onde nasceu — Kurt tinha o costume de sair pelas ruas acompanhado de uma lata de tinta em spray com o objetivo de pichar os muros e até mesmo alguns carros. Em uma dessas saídas, o líder do Nirvana escreveu a frase: “Deus é gay”.

O ato de Cobain causou uma discussão não só pela pichação ser ilegal no local, mas, também por toda a polêmica envolta na frase. Por consequência disso, o homem foi preso, porém, foi solto em seguida.

Foto clássica de Kurt Cobain / Crédito: Getty Images


5. Carta de suicídio

O controverso fim da vida de Kurt aconteceu em 5 de abril de 1994, quando ele tinha somente 27 anos. O corpo do cantor foi encontrado alguns dias depois, no chão de sua residência recém-comprada. Após análises, a causa de sua morte foi relatada como suicídio.

Um tempo depois, autoridades encontraram uma carta deixada por Cobain antes de tirar a própria vida, no bilhete o homem abriu seu coração sobre o sofrimento que sentia desde os sete anos de idade. Kurt partiu sem ao menos ter tratado sua depressão. O vocalista do Nirvana deixou um legado inesquecível para a história do rock, mesmo depois de 26 anos desse triste episódio, Kurt Cobain continua vivo em suas músicas e na memória de seus fãs ao redor do mundo.


Saiba mais sobre Kurt Cobain por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Kurt Cobain Fragmentos De Uma Autobiografia, de Marcelo Orozco (2002) - https://amzn.to/3bTAyXi

O dia em que o rock morreu, de André Forastieri (Ebook) - https://amzn.to/329jZSH

Kurt Cobain, de Charles R. Cross (2014) - https://amzn.to/3bSxwT5

Kurt Cobain - Quando eu era um Alien, de Toni Bruno (2015) - https://amzn.to/37IaN8Z

Mais pesado que o céu: Uma biografia de Kurt Cobain, de Charles R. Cross (2012) - https://amzn.to/2HFSfeX

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du