Matérias » Estados Unidos

EUA: Políticos deliberam a manutenção do busto de general relacionado à Klu Klux Klan

Os líderes do Tennessee votaram pela permanência do monumento, a decisão causou revolta

Penélope Coelho Publicado em 12/06/2020, às 13h00

Busto de Nathan Bedford Forrest
Busto de Nathan Bedford Forrest - Divulgação

Autoridades políticas de Nashville, no Tennessee tomaram uma iniciativa que vem gerando uma nova onde de protestos locais. Os líderes votaram para a permanência do busto de um general ligado à organização de supremacia branca, Ku Klux Klan.

A população havia pedido o oposto para os legislados, o apelo dos civis era para que o busto do soldado fosse retirado do prédio do Capitólio Estadual de Tennessee, já que a presença de tal objeto pode ser considerada ofensiva, devido aos atos cometidos pelo homem.

Entretanto, a decisão da permanência aconteceu por 11 votos a 5 e o busto de bronze será mantido. O busto polêmico é de Nathan Bedford Forrest, um soldado confederado conhecido como o primeiro grande líder do Ku Klux Klan, Forrest fez fortuna com o comércio de escravos.

Os políticos argumentaram sobre a decisão afirmando que a retirada do busto apagaria a história do local, além de poder ofender algumas pessoas. O monumento que está no prédio desde 1978 continua sendo motivo de protestos que se intensificaram ainda mais depois da decisão das autoridades políticas.

As manifestações acontecem em um momento de passeatas contra o racismo, após a morte do ex-segurança George Floyd, um homem negro foi morto durante operação policial em Minneapolis.