Matérias » Personagem

Neferneferuré, a gloriosa — e esquecida — filha de Nefertiti

Com poucas informações a respeito da princesa, a vida da filha do faraó Aquenáton é contada através de obras do período

Caio Tortamano Publicado em 15/07/2020, às 18h00

A princesa Neferneferuré ao lado da irmã
A princesa Neferneferuré ao lado da irmã - Wikimedia Commons

Um dos casais mais notórios da história egípcia, o faraó Aquenáton e sua esposa, Nefertiti, tiveram, ao todo, seis filhas — isso em somente nove anos de reinado do marido. Por ordem da mais velha para a mais nova eram elas Meritaton, Meketaton, Ankhesenamon e Neferneferuaten Tasherit, Neferneferuré e Setenperé.

Uma das filhas, Neferneferuré, chama atenção. Sua história, apesar de incerta e com poucas referências, traz consigo alguns mistérios, especialmente referentes ao tempo em que esteve viva.

Com poucas informações a respeito daquele tempo, a maioria das fontes utilizadas para saber mais da vida de personagens políticos influentes era a partir da análise de obras de arte — muitas vezes feitas sob encomenda dos próprios faraós. Com isso, é possível formar uma pequena biografia da curta vida da menina.

A primeira representação da filha de Nefertiti que se têm conhecimento é um afresco da Casa Real em Amarna — capital do Antigo Egito durante muito tempo. Nessa obra, estavam sentadas em uma almofada, Neferneferuré ao lado de sua irmã, Neferneferuaten Tasherit, em uma cena casual, juntamente com o resto da família.

Entre as irmãs, inclusive, estava a recém nascida Setenperé. A pintura foi feita, muito provavelmente, no ano 9 do reinado do pai Aquenatón. Três anos depois, a segunda mais tenra representação de Neferneferuré mostra ela no túmulo do Supervisor dos aposentos reais, Meryre II, na capital Amarna.

Em outra obra, Nefertiti e Aquenatón são representados recebendo tributos de estrangeiros, com as filhas todas sentadas atrás dos pais. Nessa obra, Neferneferuré é a filha do meio, e segura uma gazela em um braço e uma flor de lótus no outro.

Ao centro, Neferneferuré / Crédito: Wikimedia Commons

 

Morte 

Apesar da luxuosa vida que vivia, Neferneferuré morreu muito provavelmente entre o ano 13 ou 14 do reinado de seu pai. Ela, possivelmente, foi vítima da praga que afetou o Egito, uma vez que está ausente em cenas familiares desse período.

Na câmara alfa da Tumba Real seu nome constava entre as cinco princesas (tirando Setenperé, a mais nova, que também já tinha morrido nessa altura), porém, seu nome foi coberto postumamente com gesso, muito possivelmente em razão de sua morte recente.

Já na câmara gama da mesma Tumba, seus pais e três das suas irmãs — as que sobreviveram — eram representadas de luto pela outra irmã de Neferneferuré , Meketaten, que também tinha falecido.

Local de enterro

Algumas fontes divergem sobre qual teria sido o local de enterro da princesa Neferneferuré, não sabendo se ela está na câmara alfa da Tumba Real ou em uma outra tumba em Amarna. 

Essa outra tumba seria a 29, pesquisadores acreditam nessa hipótese por causa de um cabo de ânfora — vaso típico do antigo Egito — com uma inscrição mencionando o enterro de Neferneferuré. Caso isso seja comprovado e ela esteja, de fato, enterrada fora da Tumba Real, isso quer dizer que a princesa morreu somente após a morte de seu pai, Aquenatón.

Isso porque essas tumbas eram sempre seladas depois que o faraó morria, fazendo com que o resto da família tivesse que ser enterrado em outro local. Assim como em vida, pouco se sabe sobre a misteriosa princesa após a sua morte, nem sequer onde está localizado seu descanso eterno.


+Saiba mais sobre o Egito Antigo por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

História do Egito Antigo, de Nicolas Grimal (2012) - https://amzn.to/3b5bJ9S

As Dinastias do Antigo Egito, de Charles River Editors (2019) - https://amzn.to/39ZSY6j

A Serpente Cósmica: A Sabedoria Iniciática Do Antigo Egito Revelada, de John Anthony West (2009) - https://amzn.to/2RtbzBo

Egito Antigo, de Stewart Ross (2005) - https://amzn.to/2K8tuJL

Como seria sua vida no Antigo Egito?, de Jacqueline Morley (2019) - https://amzn.to/2xkwTlL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W