Matérias » Personagem

De ídolo popular a vítima da sífilis: O horror vivido pelo jogador Heleno de Freitas

Ícone do Botafogo e do futebol brasileiro teve uma carreira e vida pessoal abalada, mas encontrou um doloroso fim em sua breve vida

Caio Tortamano Publicado em 26/04/2020, às 14h01

Jogador Heleno de Freitas
Jogador Heleno de Freitas - Divulgação

Filho de pais ricos, Heleno de Freitas nasceu em Minas Gerais mas se mudou para a cidade maravilhosa quando seu pai morreu. No Rio de Janeiro, morava em Copacabana, e jogava futebol na praia, mais especificamente no Posto 4. Seu desempenho chamava a atenção de olheiros que o levaram para o Botafogo com apenas 15 anos.

Seu sucesso com a camisa do Estrela Solitária foi indiscutível. Em 1939 estreou pelo futebol profissional do clube e alçou o status de jogador como um dos maiores nomes do esporte em território nacional, sendo convocado diversas vezes para a seleção brasileira.

Por mais que fosse um craque, seu comportamento fora de campo refletia no seu desempenho dentro das quatro linhas, por isso era muito indisciplinado taticamente, e constantemente expulso de partidas. Mas a verdade é que o que passava com Heleno ia muito além do típico perfil de um badboy, ele sofria gravemente de sífilis, que afetava seu sistema nervoso.

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível que foi provavelmente fruto da vida sexual ativa de Heleno, enfermidade essa que o obrigou a pendurar as chuteiras em 1952. Depois de passagens conturbadas em todos os times que atuou, Freitas voltou para sua cidade natal, Barbacena.

Lá, em Minas Gerais, o ex-jogador foi internado pela primeira vez em uma clínica psiquiátrica. Barbacena era conhecida — entre outras coisas — por ser uma cidade repleta de manicômios, o maior e mais famoso deles sendo o Hospital Colônia.

O Colônia foi inaugurado em 1903, e no auge da década de 50 chegava a receber 3.500 pacientes por ano, contando com uma altíssima média de mortes em suas instalações, 700 a cada 12 meses. O local chegou a ser comparado a um campo de concentração nazista, e recebia os "indesejados" da sociedade.

Para sua sorte e por conta de seu status social e histórico familiar, Heleno conseguiu se instalar na Casa de Saúde São Sebastião depois de passar dois anos no Hospital Colônia. Ficou quase cinco anos internado, o ex-jogador saía pela cidade para comprar charutos, e assistir os treinos do time local, o Olympic.

Em 1956, o time do Botafogo — onde Heleno marcou história — foi visitar o atacante aposentado na Casa de Saúde. O encontro marcou a única vez em que os dois maiores ídolos do clube alvinegro carioca se conheceram, Garrincha e Heleno de Freitas.

No ano seguinte, sua saúde começou a deteriorar rapidamente, seu peso foi embora rapidamente, assim como seus cabelos e a saúde bucal. Estava cada vez mais violento, comia papel e tentava rasgar suas roupas com seus dentes podres, que já quase caíam todos.

Além da violência, Heleno teve suas faculdades mentais extremamente afetadas pela sífilis, a demência tomava conta de suas ações. Certa vez, como conta um dos enfermeiros que cuidava dele, ele colocou quatro cigarros na boca e um em cada narina, todos acesos.

Na manhã do dia 8 de novembro de 1959, outro enfermeiro iria levar o café da manhã para o irreconhecível galã, agora completamente careca e desdentado. Quando entrou no quarto, o cuidador se deparou com Heleno morto, aos 39 anos de idade vítima de uma paralisia progressiva.


+ Saiba mais sobre Heleno de Freitas através das obras abaixo disponíveis na Amazon:

A História Do Futebol Para Quem Tem Pressa, de Márcio Trevisan (2019) - https://amzn.to/2VVinZR

Futebol ao sol e à sombra, de Eduardo Galeano (2015) - https://amzn.to/2S4T86m

Quando é dia de futebol, de Carlos Drummond de Andrade (2014) - https://amzn.to/3bBOxjD

Futebol à Esquerda, de Quique Peinado (2017) - https://amzn.to/3559ml2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W