Matérias » Austrália

Rara e gigante: a impressionante mariposa da Austrália

A espécie vive por apenas uma semana em sua forma adulta, portanto, é um evento único quando alguém consegue avistá-la

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/05/2021, às 10h01

Fotografia da mariposa em cima de um serrote
Fotografia da mariposa em cima de um serrote - Divulgação / Facebook/ Mount Cotton State School

Não se pode negar que o tamanho da chamada mariposa de madeira gigante (Endoxyla cinereus) faz jus a seu nome: ela pode alcançar uma envergadura de até 27 centímetros, e pesar mais de 30 gramas. A espécie, que é natural da Austrália (o lar de alguns dos animais mais incomuns conhecidos) e da Nova Zelândia, é tão grande e pesada que, na verdade, não é capaz de voar. 

Uma característica que torna os avistamentos do inseto ainda mais impressionantes, é a raridade em que eles acontecem. Isso pois essa mariposa imponente vive durante somente uma semana, fazendo com que, ao menos na Austrália, ela seja avistada no máximo uma dúzia de vezes por ano.  

Uma dessas empolgantes ocasiões foi relatada pelo New York Times no último dia 7 de maio, quando o artrópode foi encontrado por pedreiros que faziam obras em uma escola infantil australiana chamada Mount Cotton State. 

Eles tiraram fotos para registrar o momento único na presença da uma das maiores espécies de mariposa do mundo, e posteriormente as imagens foram enviadas para as crianças que estudam no local e ficaram admiradas pelo acontecimento. 

Outra fotografia da mariposa gigante / Crédito: Divulgação / Facebook/ Mount Cotton State School

 

“Foi uma descoberta incrível, algo que não tínhamos visto antes”, comentou a diretora da instituição de ensino, Meagan Steward, em entrevista à rádio ABC. As fotografias foram ainda usadas para inspirar uma série de redações que imaginavam cenários fictícios envolvendo o inseto gigante.

Já a mariposa em si foi devolvida para a floresta que fica próxima do colégio após a captura das fotos. A presença da vegetação, aliás, já fez com que os estudantes da Mount Cotton State tivessem encontros com diversos animais, como coalas, canguru e até cobras. 

Características da mariposa de madeira gigante 

O inseto impressionante, antes de atingir sua forma final com asas, passa três anos como uma lagarta, o que é particularmente curioso quando se lembra que sua vida adulta é tão curta, durando não mais que alguns dias. 

Ainda segundo repercutido pelo New York Times, que consultou o Museu de Queensland, na Austrália, essa espécie de mariposa sequer possui órgãos funcionais para digerir alimentos após sua metamorfose, e sobrevive apenas com as reservas de gordura que acumulou em sua fase de lagarta, em que vive dentro das cascas de árvores de eucalipto, cavando túneis no tronco à medida que o consome. 

Assim, ela sobrevive por tempo suficiente para acasalar - e geralmente ainda morre após a reprodução, que acaba gastando muito de sua limitada energia. O tórax largo do inseto, que é um dos grandes responsáveis por tornar seu peso maior até que o de alguns pequenos ratos, permite que as fêmeas coloquem até 20 mil ovos. 

A mariposa de madeira gigante do lado de uma mão / Crédito: Divulgação/ Facebook/ Arquivo pessoal 

 

Outra curiosidade revelada por Floyd W. Shockley, que é especialista em insetos do Museu Nacional de História Natural de Washington, é que alguns povos indígenas australianos têm a tradição de incluir a larva como parte de sua alimentação. 

“Você pode comê-los crus ou cozinhá-los. O sabor é basicamente descrito como algo parecido com amêndoas”, contou ao veículo estadunidense.