História maluca - Dezembro/2008

História maluca - Dezembro/2008

Danila Moura Publicado em 10/06/2009, às 05h51 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

PRIVACIDADE ZERO
Nos casamentos germânicos do século 5, a noiva era muito maltratada. Para começar, a família negociava seu passe como se ela fosse um objeto de valor. Além disso, após a cerimônia, a noite de núpcias acontecia na casa dos pais do noivo, com platéia. Os convidados assistiam à primeira relação sexual, para ter certeza de que o filho gerado seria legítimo.

A NOVA ONDA DO IMPERADOR
Cansado das roupas no estilo oriental e do comportamento pouco educado de seus súditos, o imperador russo Pedro, o Grande (1672-1725) resolveu dar um ar mais europeu à corte. Para isso, tornou obrigatório o uso de tabaco e proibiu o povo de escarrar no chão, roer ossos durante as refeições ou se coçar em público. Não satisfeito, o próprio rei raspou a barba dos nobres de acordo com a moda vigente na Europa.

CARECA ESQUISITÃO
O filósofo Sócrates se orgulhava tanto da própria falta de cabelos que tinha uma frase feita sobre a inteligência dos carecas: "O mato não cresce em ruas ativas". Se a calvície fazia sucesso na Grécia, não se sabe, mas o fato é que Sócrates não era uma boa companhia. Ele quase nunca tomava banho e tinha a mania de interromper as conversas para ficar paralisado durante horas.