Últimas: Homer biodegradável, cultivo milenar e nacionalismo russo

Últimas: Homer biodegradável, cultivo milenar e nacionalismo russo

01/09/2007 00h00 Publicado em 01/09/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Dois gigantes de Cerne Abbas

A campanha publicitária de promoção de Os Simpsons – O Filme foi longe. Um enorme Homer Simpson foi desenhado ao lado da histórica figura conhecida por Gigante de Cerne Abbas, no condado de Dorset, no sudeste da Inglaterra. Acredita-se que o gigante original, com 55 metros de comprimento, tenha origem na Antiguidade – seu simbolismo está relacionado à fertilidade –, mas os primeiros registros dele são do século 17. O Homer foi desenhado com tinta biodegradável – portanto, deve sair com o tempo.

A boa e velha agricultura

Nossos antepassados começaram a plantar grãos na América bem mais cedo do que se supunha. Estudos conduzidos por quatro instituições e publicados no jornal Science mostram que o cultivo de plantas no norte do Peru tem pelo menos 9200 anos. Até agora, acreditava-se que a agricultura americana não tinha mais de 7 mil anos. O material datado na pesquisa (sementes de abóbora, cascas de amendoim e algodão) foi encontrado no Vale Nanchoc, na região dos Andes peruanos.

Nacionalismo russo

Dois novos manuais para professores foram distribuídos na Rússia a mando do presidente Vladimir Putin – os livros incluem propaganda para promover nas crianças a visão de um país forte. Um deles, dirigido a professores de estudos sociais, chama o colapso da União Soviética de “a maior catástrofe geopolítica do século 20” e descreve os Estados Unidos como um país determinado a criar um império global e isolar a Rússia de seus vizinhos. De acordo com o presidente russo, o objetivo desse novo método de ensino é imbuir nas crianças o senso de nacionalismo.