Curiosidades » Personagens

Há 23 anos, a Princesa Diana morria em um trágico acidente

Amada pelo povo, Lady Di faleceu em episódio cercado por teorias. Após sua morte, muitas coisas foram reveladas. Confira!

Penélope Coelho Publicado em 31/08/2020, às 10h23

Lady Di em aparição pública
Lady Di em aparição pública - Wikimedia Commons

Diana Frances Spencer, também conhecida como Lady Di, foi uma aristocrata, filantropa e a primeira esposa de Charles, Príncipe de Gales, herdeiro do trono britânico. Após o seu casamento com o príncipe de Gales, Diana tornou-se uma das mulheres mais famosas do mundo, celebridade perseguida por fotógrafos e paparazzis, ícone da moda, admirada por seu trabalho de caridade.

Em 31 de agosto de 1997 os paparazzi usaram mais do que nunca essa sentença como mantra em busca por cliques sobre o acidente que matou a princesa Diana, seu namorado e o motorista que conduzia a Mercedes S280.

O desastre chamou a atenção de todo mundo, que foi pego de surpresa não só pela fatalidade mas também com todos os fatores envoltos que levantam até hoje dezenas de teorias conspiratórias sobre o falecimento de Lady Di. A que gerou mais debate entre elas, foi a de que a família real teria sido responsável pelo imprevisto.

Meses antes do fatídico dia, Diana passou por uma separação conturbada com o príncipe Charles. Logo em seguida ela engatou um namoro com Dodi Al-Fayed, empresário egípcio. Especulações apontam que ela estava grávida e que a família real não admitia que mãe de William e Harry tivesse um filho muçulmano. Além do mais, a morte de Di faria com que a futura vida amorosa de Charles fosse aceita com mais naturalidade pelos britânicos.

A tragédia

À 0h18 uma Mercedes S280 levando Lady Di, Dodi e Trevor Rees-Jones (guarda –costas) conduzido por Henri Paul sai do Hotel Ritz, Paris, em direção ao apartamento do empresário. Um veículo isca tenta atrair a atenção dos fotógrafos, mas a maioria segue atrás do carro correto. Cinco minutos depois, o veículo entra no túnel Ponte d’Alma a 90 quilômetros por hora, bate de leve na traseira de um Uno Branco e colide com uma pilastra.

O médico Frederic Mailliez, que passava pelo local, é o primeiro a prestar atendimento. O empresário e o motorista estavam mortos, Trevor e Diana permaneceram inconscientes. Apesar de aparente estado estável, ela morre às 4 horas da manhã no hospital Pitié-Salpêtrière.

Devido ao conservadorismo da Monarquia Britânica muitos fatos sobre a vida pessoal e personalidade da Princesa de Gales, foram escondidos e revelados somente depois de sua morte.

Nós listamos cinco deles para vocês. Confira abaixo!

1. Ela gravou seus pensamentos em fita

Em Lady Di: Suas Últimas Palavras, documentário lançado em 2017, existem matériais reveladores sobre a Princesa. Com gravações em fitas que a própria Diana fez durante aulas de oratória com o instrutor Peter Settelen. Depois de uma longa batalha judicial com a família Spencer, que alegava que o material era privado, a Justiça liberou as fitas para divulgação. Isso aconteceu no ano em que sua morte completou 20 anos.

2. Sua irmã namorou o príncipe Charles

O príncipe Charles, primeiro na linha de sucessão da rainha Elizabeth 2ª da Inglaterra, namorou por mais de um ano com Sarah Spencer, irmã seis anos mais velha de Diana Spencer, antes de casar-se em 1981. O livro Como Eles Se Conheceram, publicado em 2007, conta que foi a própria Sarah quem apresentou sua irmã Diana ao príncipe Charles em 1977, durante uma festa.

O namoro de Charles e Sarah não vingou, o monarca teria ficado chateado porque ela teria vazado informações de seu relacionamento para dois repórteres. E em julho de 1980, um casal amigo do príncipe convidou Lady Di para passar o final de semana na residência deles. Por lá, os dois conversaram e, segundo o autor, “os grandes olhos azuis de Diana amoleceram o coração de Charles”. Então, rapidamente Charles e Diana começaram a namorar.

3. Sua avó trabalhava para a Rainha

As ligações anteriores de Diana com a família real não param. Sua avó materna, Ruth Roche, era membro da corte da rainha Elizabeth , trabalhava como dama de companhia para Elizabeth II. Ela tinha uma relação forte com a neta e incentivava o casamento entre ela e Charles.  Ruth faleceu em 1993 e chegou a ver o casamento e ficou muito feliz por isso.

 Diana, Princesa de Gales em evento oficial / Crédito: Getty Images 

 

4. A princesa chegou a tentar suicídio 

O biógrafo Andrew Morton, que entrevistou secretamente a princesa em 1992 a fim de escrever sua biografia, revelou que Lady Di já considerou o suicídio para se livrar da família real. Segundo Morton, Diana não suportava mais a pressão imposta pela família real e via seu casamento com Charles desmoronar a portas fechadas.

Outros fatores que contribuíam para o sofrimento da princesa eram seus distúrbios alimentares e o caso que seu marido possuía com Camila Parker Bowles, uma amiga de longa data e atual esposa do príncipe Charles.

5.  Ela e o marido eram quase parentes

Os pais da princesa Diana já eram pessoas conhecidas entre os membros da realeza inglesa. Seu pai era John Spencer, 8° Conde Spencer, que depois da Segunda Guerra Mundial se tornou o palafreneiro (responsável por conduzir o cavalo em que Reis montavam em seus desfiles pelas cidades) oficial do Rei George VI, e posteriormente da futura Rainha Elizabeth II.

Em uma visita a casa de campo da realeza, John conheceu Frances Ruth Burke-Roche, a segunda filha do casal de amigos íntimos da família real Edmund Burke-Roche e Ruth Burke-Roche. O casamento dos pais de Lady Di foi considerado o casamento do ano de 1954, tendo a presença de mais de 700 convidados, dentre eles a Rainha, o Duque de Edimburgo, a Rainha Mãe e outros membros importantes da família real.


++Saiba mais sobre a princesa Diana através de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Diana: Sua verdadeira história em suas próprias palavras, Andrew Morton (2013) - https://amzn.to/2EhlUt4

Diana. O Ultimo Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

Diana (DVD-2014) - https://amzn.to/39jo0qj

A história do século XX, de Martin Gilbert (2017) - https://amzn.to/39hqYeT

Diana, Princesa de Gales / Diana, Princess of Wales (Edição Espanhol), de Marcela Altamirano (2003) - https://amzn.to/2Iem86c

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du