Curiosidades » Coronavírus

A fake news por trás da sopa de morcego que teria originado o coronavírus

A iguaria exótica, feita a partir desses animais voadores, nem se quer é comum na China

Vanessa Centamori Publicado em 23/03/2020, às 12h36

sopa de morcego
sopa de morcego - Divulgação

De onde veio o coronavírus? essa pergunta tem sido um enorme motivo para debates na internet. Diante dessa incerteza, inúmeras fake news tem circulado, e um dos fatos falsos mais difundidos é que o coronavírus teria se originado devido ao consumo de sopas de morcego.

Mas não é possível afirmar que esses animais são vetores do covid-19. A sopa de morcego não é particularmente comum na China. E de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), não existe nenhuma comprovação científica de que essa refeição tenha sido a responsável pela disseminação da doença no país asiático. 

A falsa ideia de que a sopa de morcego teria originado o coronavírus surgiu por meio de vídeos, que supostamente mostravam chineses comendo esses animais voadores. Segundo o site boatos.org, parceiro do Ministério da Saúde, um dos vídeos responsável pela fake news foi feito por uma influenciadora digital, há mais de 4 anos, antes mesmo do surgimento do coronavírus. 

Youtuber chinesa comendo morcego / Crédito: Divulgação/ Facebook

 

O filme causou uma enorme polêmica e está hoje fora do ar. No vídeo, uma mulher chinesa aparece mostrando um morcego cozido. Ela elogia o quitute, ao dizer que “tem gosto de frango”.

O problema é que o vídeo fez com que alguns internautas começassem a culpar os hábitos alimentares dos chineses da cidade de Wuhan pelo surgimento e contágio do coronavírus.

Mengyum Wang, no vídeo original que foi tirado do ar / Crédito: Divulgação/ Youtube 

 

Só que o mais preocupante é que a filmagem não foi feita em Wuhan ( considerada o epicentro da doença) - e nem se quer na China. Na verdade, o vídeo foi produzido em 2016, e mostra a blogueira e apresentadora Mengyum Wang durante uma viagem a Palau, um arquipélago no oceano Pacífico.

Wang se desculpou pelo filme, afirmando que estava "apenas tentando apresentar a vida das pessoas locais". Segundo a própria blogueira, ela também não sabia que morcegos poderiam transmitir o vírus. 

Mas os morcegos não são os culpados. E se não eles, quem ou o quê seria? a hipótese mais comum para explicar a pandemia do coronavírus é que ele surgiu do comércio ilegal de animais selvagens, em Wuhan ( apontar o bicho que pode ter originado a doença de alguma forma não é possível). 

Mas, por enquanto, melhor ficar com essa questão ainda em aberto e sob investigação por parte dos cientistas, evitando a divulgação de informações falsas. Para combater as Fake News, o Ministério da Saúde, está até disponibilizando um número de WhatsApp.

O canal não é um SAC ou tira dúvidas dos usuários, mas um meio para receber informações virais, que serão investigadas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira. Qualquer um pode enviar de graça mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para o número (61) 99289-4640.