Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Mundo

As celebridades proibidas de adquirirem Ferraris

Justin Bieber e Nicolas Cage são alguns dos nomes da lista, entenda

Redação Publicado em 18/05/2022, às 14h34

Justin Bieber, Kim Kardashian e Nicolas Cage em montagem - Getty Images e Pixabay
Justin Bieber, Kim Kardashian e Nicolas Cage em montagem - Getty Images e Pixabay

A família Kardashian, conhecida mundialmente pelo reality show “Keeping Up With the Kardashians”, assim como o cantor Justin Bieber, foi banida da "Ferrari", uma das maiores montadoras do mundo, segundo a publicação de hoje, 18, do jornal espanhol "Marca".

Vale lembrar que a empresa é muito rigorosa em seu gerenciamento de imagem e seleciona criteriosamente quem pode comprar um veículo ao redor do mundo. Como o jornal noticiou, a montadora não disse o motivo do impedimento para compra pela família, apenas revelou a proibição.

Também foi lembrado um comunicado da marca de carros dizendo não haver uma lista específica responsável por proibir as pessoas de comprar carros, mas a empresa "se reserva a opção de escolher criteriosamente quem tem acesso às unidades mais exclusivas".

Outras celebridades negadas pela Ferrari

O cantor Justin Bieber foi listado como negado ao tentar adquirir novos carros da empresa, sob a alegação de “mau exemplo", após bater um modelo Ferrari 458, enquanto dirigia bêbado. Outro cantor americano está na lista, o rapper 50 Cent teve acesso negado ao fazer críticas a empresa e lavar o seu carro com champanhe.

Floyd Mayweather, boxeador mais rico do mundo, foi proibido pelo “estilo de vida tóxico e agressivo”, segundo falas da equipe de comunicação.

Finalizando, Nicolas Cage teve um banimento por um motivo mais inusitado. Após a compra do modelo “Ferrari Enzo”, o ator teve que vender o veículo por mudanças de planos em gravações de filmes que estava participando.

Ao disponibilizar o veículo por um valor inferior, a Ferrari rapidamente mostrou indignação, proibindo-o de adquirir qualquer novo produto.