Curiosidades » Personagem

Da relação familiar conturbada a polêmica com os Beatles: a vida íntima de John Lennon

O emblemático ex-Beatles teve relacionamentos conturbados que interferiram nos bastidores da trajetória da banda

Vanessa Centamori Publicado em 08/06/2020, às 12h29

Divulgação
Divulgação - John Lennon e a primeira esposa, Cynthia Powell

Foi em uma aula de caligrafia, no fim dos anos 1950, que John Lennon conheceu a primeira esposa, Cynthia Powell. Mal sabia a moça que o músico — que era até então apenas seu colega de faculdade — um dia faria parte dos Beatles. O lendário grupo foi o que mais vendeu na história da música.

Até então, no entanto, John era somente um rapaz de atitude e aparência ousadas. Cynthia estava noiva, mas tinha uma quedinha pelo colega. Até pintou o cabelo de loiro para impressioná-lo. Ela queria ficar parecida com a atriz francesa Brigitte Bardot, a quem Lennon admirava. 

Casamento desastroso

A sedução deu certo. Ambos acabaram saindo em encontros amorosos e Cynthia se casou com o músico em 1962. Ela pôde acompanhar toda a carreira de John deslanchando e conheceu de perto personagens do estrelato como Paul McCartney e George Harrison.

Glamour à parte, no livro John, lançado no Brasil em 2009, Cynthia conta que sua família e amigos foram contra o relacionamento, durante o início. Foi bem difícil: o problema principal era a diferença social. Ela era de família de classe média e ele parecia apenas um desligado sonhador metido a músico, que não prestava atenção às aulas. 

A primeira esposa de John Lennon, Cynthia Powell, quando mais velha / Crédito: Wikimedia Commons 

 

O casamento entre os dois foi repleto de ciúmes e episódios de violência física e doméstica, nos quais John ameaçava Cynthia. A esposa culpou o fim da relação nas drogas. Segundo ela, Lennon tomava LSD diariamente e levava dezenas de pessoas estranhas para drogar-se com ele em casa. O divórcio dos dois ocorreu em 1968.

Fruto de uma garrafa de uísque

Como resultado de seu casamento com Cynthia, o astro britânico teve como filho o cantor Julian Lennon, intérprete do sucesso Too Late for Goodbyes. Julian tratava o pai como um hipócrita e tinha um relacionamento conturbado com o eterno Beatle. 

Ao jornal britânico Daily Telegraph, o filho contou que John Lennon usava um discurso pacífico ao redor do mundo, porém, não tratava sua família do mesmo modo. “Como você pode falar sobre paz e amor e ter uma família aos pedaços? Sem comunicação, e marcada pelo adultério e divórcio? Você não pode fazê-lo, não se estiver sendo sincero e honesto”, disse Julian. 

Paul McCartney, George Harrison e Lennon / Crédito: Wikimedia Commons 

 

Na época do divórcio, o filho de John Lennon e a ex-esposa do músico se sentiram abandonados. Tocado pela situação, o colega de banda Paul McCartney teria escrito Hey Jude. A canção icônica originalmente teria sido um modo de Paul consolar Jules. A música se chamaria Hey Jules, mas McCartney achou que era mais fácil a versão alternativa, que é a que mais se conhece hoje. 

Nova história de amor infame 

John Lennon conheceu Yoko Ono quando ainda estava com a ex-esposa, Cynthia Powell. Os dois se encontraram pela primeira vez em uma galeria de Londres, onde Ono estava se preparando para uma exposição de seu trabalho como artista. 

Mas o casal só foi anunciado à imprensa durante as gravações de The Beatles – mais conhecido como The White Album (“Álbum Branco”) – em 1968. Cerca de um ano após o divórcio de John, em 20 de março de 1969, ele se casou com a japonesa.

John Lennon e Yoko Ono / Crédito: Divulgação 

 

A polêmica com os Beatles

Em 1970, apenas um ano após o casamento de Lennon e Ono, os Beatles terminaram. Desde então, começou uma enorme especulação para saber se Ono havia contribuído de alguma forma com a ruptura do grupo. Ela foi acusada de encorajar John Lennon a explorar mais músicas experimentais. 

Constantemente presente ao lado de John, houve rumores de que ele valorizava muito mais a opinião dela como artista de vanguarda, que a de seus parceiros de banda. Isso teria inflamado ainda mais um processo de dissolução dos Beatles que já estava em andamento. 

John Lennon e Yoko Ono / Crédito: Divulgação 

 

O conjunto enfrentou muitas diferenças criativas. Tanto que, durante as gravações do The White Album, Lennon e Paul McCartney não mais compunham juntos e George Harrison brigava por mais composições suas.

Após discussões, os três passaram a gravar suas participações em separado, ou acompanhados somente por Ringo Starr.  Enquanto isso, os parceiros de música teriam visto que John deixava de lado a banda, ao mostrar que Yoko era o que havia mais de importante em sua vida.

No entanto, segundo a Rolling Stone, mais tarde, a japonesa se defendeu dessas afirmações. "Eu não acho que você poderia ter dividido quatro pessoas muito fortes como eles", afirmou Ono." Mesmo se você tentasse. Então deve ter acontecido algo dentro deles - não uma força externa.” 

Interferindo ou não nos Beatles, a relação de Lennon com Yoko foi bastante intensa e rendeu abuso de drogas e traição. O astro se envolveu com a assistente, May Pang, mesmo sendo casado com a artista japonesa. Yoko Ono chegou a contar em entrevistas que sabia da relação extraconjungal do marido, mas que essa não foi prejudicial para ela. 

Entre trancos e barrancos, Ono teve com John um filho, Sean Lennon, em 9 de outubro de 1975. Ela permaneceu casada com o beatle até a morte dele, em 1980. John Lennon foi morto por um fã lunático, do lado de fora de sua casa em Dakota, Manhattan.


+Saiba mais sobre os Beatles por meio das obras disponíveis na Amazon

The Beatles a biografia, Bob Spitz (2007) - https://amzn.to/34UWugM

Here, There and Everywhere. Minha Vida Gravando os Beatles, Geoff Emerick (2013) - https://amzn.to/2Pk8QIv

Beatles 1966: o ano Revolucionário, Steve Turner (2018) - https://amzn.to/2DRxQl0

Lembranças de Lennon, Jann S. Wenner, Conrad (2001) - https://amzn.to/2rY1IJX

John Lennon: A Vida, Philip Norman (2009) - https://amzn.to/2YomyhL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du