Curiosidades » Austrália

Morto por humanos e abandonado em um tanque: a cruel saga do tubarão Rosie

Após ser retirado da natureza, o que sobrou do animal de 5 metros foi deixado para trás flutuando em um tanque de formol em uma história inacreditável

Penélope Coelho Publicado em 10/11/2020, às 18h07

Tubarão abandonado em um tanque na Austrália
Tubarão abandonado em um tanque na Austrália - Divulgação

Em dezembro de 2019, a revista Vice realizou uma reportagem trazendo à tona um caso misterioso que envolve a carcaça de um tubarão morto. O animal, que mede por volta de cinco metros de comprimento, passou cerca de sete anos esquecido em um tanque. Contudo, é fato que o que foi feito com os restos do gigante do mar em um parque abandonado na Austrália, é alarmante. 

O abandono

Para entender como o grande animal foi abandonado é preciso voltar um pouco no tempo. No ano de 1998, o tubarão em questão foi encontrado e morto por pescadores no sul da Austrália.

Por seu tamanho impressionante, o que sobrou do bicho foi exposto temporariamente em um parque de animais selvagem, em Gippsland, na Austrália. O combinado era que depois fosse encaminhado para o Museu de Melbourne, já que o local não tinha condições de oferecer abrigo por muito tempo.

Contudo, o parque foi vendido em 2003 e o que era para ser somente uma breve passagem acabou durando muito mais que o esperado. A carcaça do animal foi deixada de lado pelos novos donos do local, que não viram utilidade na exposição do tubarão.

Fotografia do tubarão-branco abandonado em um tanque / Crédito: Divulgação/Youtube/Primal Waters

 

Para piorar, o parque teve suas portas fechadas de uma vez por todas no ano de 2012, pelo Departamento de Sustentabilidade e Meio Ambiente — já que não tinha mais licença para funcionar. Com isso, o tubarão foi verdadeiramente deixado para trás, e por ali ficou por quase 10 anos sem ser notado.

Descoberta insólita

Em novembro de 2018, um grupo de australianos invadiu o local abandonado. Na época, os colegas compartilharam o vídeo da ‘expedição’ no Youtube e as revelações foram chocantes.

Uma sala totalmente destruída pelo tempo e pela sujeira abrigava os restos do grande tubarão de cinco metros. Dentro de um tanque repleto de formol e boiando em um líquido verde, na parede havia uma pichação dizendo “tubarão misterioso”.

Estava claro que o local já havia sido invadido anteriormente, com sinais evidentes de que vândalos estiveram naquele parque. Ao lado de muito lixo, móveis velhos, eletrodomésticos antigos e janelas quebradas, o grande tubarão-branco que um dia já esteve livre no oceano, foi encontrado em estado de decomposição no parque abandonado.

Isso por que, além de ter sido largado no local sem previsão de uma nova moradia para ser exposto, desconhecidos depredaram o tanque do animal, consequentemente quebrado, gerando o vazamento do líquido.

A carcaça do grande tubarão-branco largada ao lado de móveis antigos / Crédito: Divulgação/Youtube/Primal Waters

 

Engana-se quem pensa que a audiência do vídeo fez com que alguma atitude fosse tomada, pelo contrário, o local abandonado passou a receber mais visitas, que ajudavam na decomposição dos restos do animal.

Isso se tornou extremamente perigoso, justamente pelo vazamento do formol, o líquido poderia ser prejudicial para a saúde humana, aumentando o risco de envenenamento. Todavia, o caso foi solucionado em fevereiro de 2019.

O Crystal World and Prehistoric Journeys, em uma atitude incrível, após uma campanha lançada nas redes sociais, foi capaz de retirar a carcaça do animal e iniciar a missão de restaurar o que restou do grande animal, carinhosamente apelidado de Rosie.

Rosie na nova casa /Crédito - Divulgação

 

"O proprietário, devido a questões de responsabilidade pública, achou que Rosie deveria ser removida e destruída, a menos que um novo proprietário pudesse ser encontrado nos próximos dias. Nesse ponto, era vital agir rapidamente para salvar Rosie de mais danos e para a segurança pública", explica o site da Instituição.

Os atuais donos acreditam que se não fosse removido o mais rápido possível, a carcaça do tubarão estaria completamente destruída. Agora, a instituição pede ajuda para continuar o processo de restauração, que proporciona aos visitantes a oportunidade de ver o gigante dos mares de perto.

Confira o vídeo que mostra o tubarão-branco abandonado em um tanque repleto de lixo.


+Saiba mais sobre o reino animal por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Ocean: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2015) - https://amzn.to/31L941I

Animals: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2012) - https://amzn.to/33TNk6r

Life Lessons from the Heart of Horses: How Horses Teach Us About Relationships and Healing, de Kathy Pike (2021) - https://amzn.to/31JdYMA

Animal Kingdom: A Collection of Portraits, de Randal Ford (2018) - https://amzn.to/33QdKWN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W