Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Curiosidades

O homem que bateu recorde ao comer um avião

Também conhecido como "Senhor Come Tudo" (Monsieur Mangetout), o francês Michel Lotito é detentor do recorde de dieta mais estranha do mundo; confira!

Éric Moreira Publicado em 13/01/2024, às 10h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Michel Lotito, francês que ficou conhecido por comer um avião inteiro semelhante ao do fundo - Reprodução/X/@GWR
Michel Lotito, francês que ficou conhecido por comer um avião inteiro semelhante ao do fundo - Reprodução/X/@GWR

Na natureza, existem alguns tipos básicos de dietas: há animais que se alimentam exclusivamente plantas (herbívoros), outros de carne (carnívoros) e até mesmo os que comem de tudo, como nós, humanos (onívoros). No entanto, um homem francês em levou a ideia de "comer de tudo" um pouco além do imaginado por muitos, e chamou atenção no fim da década de 1970, depois de comer um avião inteiro.

O responsável por tal façanha se chama Michel Lotito, mais conhecido como Senhor Come Tudo ("Monsieur Mangetout" em francês). Nascido na França em 1950, ele foi detentor do recorde de dieta mais estranha do mundo, segundo o Guinness World Records, o livro dos recordes.

Fotografias de Michel Lotito se alimentando de peças metálicas / Crédito: Reprodução/X/@iametornam_ / Reprodução/X/@Worldzzer

Conforme descreve publicação no site oficial do Guinness, o feito de Lotito levou dois anos para ser realizado, ocorrendo entre 1978 e 1980, e o avião que o francês comeu era um Cessna 150, que pesava cerca de 500kg. Por mais que a história pareça absurda ao ponto de ser falsa, o Guinness costuma verificar todos os fatos antes de conceder o título de recordista a alguém.

+ Unhas mais longas, peso com os olhos e malabarismo com motosserra: 15 recordes mundiais inusitados

Capacidade única

O livro dos recordes investigou para tentar compreender a capacidade do Monsieur Mangetout de comer objetos estranhos, como peças metálicas. Segundo a publicação, isso só era possível, pois, o homem possuía um estômago mais grosso, além do revestimento de seu intestino.

A capacidade de Lotito era tão impressionante, que ele conseguia ingerir até 900 gramas de metal por dia. Para tanto, ele também ingeria óleo mineral e água, que serviam como um lubrificante para ajudar as peças a 'descerem' melhor — como mastigar metal não é uma tarefa simples, ele as cortava em pedaços pequenos e engolia, como se fossem comprimidos.

Importante mencionar, antes que seja perguntado: não foram informados detalhes de como esses materiais eram excretados pelo homem.

Dieta diversificada

Não basta ser surpreendente o fato de Michel Lotito ter conseguido comer 500 kg de metal em dois anos, a verdade é que a sua 'dieta especial' o acompanhou durante anos.

O UOL explica que ele, entre os anos de 1966 e de 1999, comeu pelo menos 18 bicicletas, 15 carrinhos de supermercado, seis lustres, sete TVs, duas camas, um par de esquis, um computador... Além de outros objetos do cotidiano e o avião. Estima-se que até outubro de 1997, nove toneladas de metal já haviam sido ingeridas.

Michel Lotito e alguns objetos semelhantes aos que ele já comeu ao fundo / Crédito: Reprodução/X/@GWR

Vale mencionar ainda que metal não era o único material estranho que ele ingeria. Lotitodescobriu sua curiosa capacidade ainda durante a infância, quando tinha 9 anos, e acidentalmente quebrou um copo em sua boca. E então ele começou a mastigar os cacos de vidro.

+ Distúrbio alimentar: Entenda a curiosa Síndrome de Pica;

Por fim, infelizmente o Monsieur Mangetout faleceu em junho de 2007, aos 57 anos de idade, surpreendentemente de causas naturais. Conforme conclui publicação do Guinness, Michel Lotito será sempre lembrado como uma pessoa verdadeiramente única.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!