Notícias » Entretenimento

Após 26 anos, Globo cogita não renovar temporada de 'Malhação'

A novela estreou em 1995 e serve como laboratório para novas estrelas da atuação na emissora carioca

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 25/08/2021, às 09h22

Cauã Reymond e Sergio Hondjakoff na temporada de 2002 da atração
Cauã Reymond e Sergio Hondjakoff na temporada de 2002 da atração - Divulgação / TV Globo

A novela Malhação pode sair da programação diária da TV Globo após 26 anos no ar, como revela o portal Notícias da TV. A decisão ainda é discutida pela diretoria da emissora, que avalia se a produção deve ter continuidade ou se deve apostar em uma nova atração para preencher o horário destinado ao público juvenil.

O veículo acrescentou que o diretor de Entretenimento, Ricardo Waddington, defende que a produção continue no ar, considerando válida para atrair anunciantes e engajar o público-alvo. Porém, um estudo contratado pela emissora contrasta com a defesa do diretor, apontando que o enredo proporciona o mesmo público que as reprises do bloco “Vale a Pena Ver de Novo”.

Com a reprise de grandes sucessos durante a pandemia do novo coronavírus, a pesquisa apontou que a atração chegou a atrair um engajamento até menor do que as outras novelas da casa. Atualmente, a emissora reprisa a edição de 2014 de Malhação, subtitulada como “Sonhos”, prevista para continuar até o início de 2022.

O atual diretor de programação da Globo, Amauri Soares, defende o encerramento da trama e cogita novos planos para ocupar o horário. A Malhação está no ar desde 1995 e é utilizada pela emissora como um laboratório para avaliar a percepção pública de atores e atrizes para remanejá-los em outras produções da emissora, descobrindo artistas como Caio Castro, Cauã Reymond e André Marques.