Notícias » Escócia

Após um mês, mistério dos ossos encontrados em caverna da Escócia é desvendado

Em outubro, uma criança de 8 anos localizou fragmentos ósseos desconhecidos em um local afastado; agora os especialistas revelam do que se trata

Alana Sousa Publicado em 07/11/2020, às 11h30

Foto dos ossos encontrados na caverna
Foto dos ossos encontrados na caverna - Divulgação/Save Wemyss Ancient

Nas Cavernas Wemyss, próximo a Fife, na Escócia, um homem e sua filha encontraram fragmentos de ossos enquanto faziam uma caminhada de rotina. A ossada foi avistada por uma criança de oito anos, que assustada, alertou o pai.

Rapidamente as autoridades de arqueologia foram acionadas e uma longa pesquisa teve início para identificar a origem dos ossos, sendo que os especialistas notaram a principio que não se tratavam de ossos humanos.

Parte da caverna em que os ossos foram localizados / Crédito: Divulgação/Save Wemyss Ancient

 

Apenas agora, um mês depois, que os pesquisadores da Sociedade das Cavernas Antigas de Save Wemyss conseguiram definir a quem pertencia os ossos misteriosos. Muito diferente do que imaginavam, os pedaços de ossos são de gados — e podem ter mais de um século.

“Acontece que eram ossos de gado (provavelmente é uma omoplata, ou escápula) e foram incorporados à base da trilha costeira que costumava ir para a fábrica de gás”, disse um dos representantes da Sociedade. “Sempre há uma chance de que uma arqueologia interessante seja revelada pela erosão aqui, então este achado foi muito bem localizado”.