Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / eBay

Após vingança contra blogueiros, eBay é condenado a pagar US$ 3 milhões

Após reportagem que desagradou a empresa, casal passou a ser alvo de ameaças, recebendo uma série de entregas aterrorizantes

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 12/01/2024, às 09h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
David e Ina Steiner - Divulgação/vídeo/60 minutes CBS
David e Ina Steiner - Divulgação/vídeo/60 minutes CBS

O eBay assinou um acordo judicial para encerrar um processo de assédio, comprometendo-se a pagar uma multa de US$ 3 milhões (R$ 14 milhões) no caso envolvendo os proprietários do blog EcommerceBytes, em Massachusetts, nos EUA.

Após uma reportagem desfavorável à empresa em 2019, o casal Ina e David Steiner passou a ser alvo de ameaças através de entregas aterrorizantes, que incluíram aranhas e baratas vivas, coroa fúnebre, uma máscara de porco ensanguentada e até mesmo um livro sobre como sobreviver à perda de um cônjuge.

O processo, movido pelo Departamento de Justiça dos EUA, foi baseado em evidências criminais que comprovaram uma campanha de assédio e intimidação em represália à cobertura online sobre o eBay, conforme aponta no acordo assinado nesta quinta-feira, 11.

A matéria em questão

De acordo com o portal Media Talks, a notícia que desagradou o eBay relatava uma ação judicial movida pela empresa acusando a Amazon de aliciar seus vendedores.

Após a publicação da matéria, os funcionários do eBay tentaram ainda instalar um dispositivo de rastreamento GPS nos carros de Ina e David, chegando a arrombar a garagem da casa, e fizeram postagens no site Craigslist convidando o público para encontros sexuais na casa das vítimas.

Os responsáveis pelo site denunciaram o caso incidente às autoridades, resultando na condenação de sete funcionários da plataforma de comércio eletrônico.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!