Notícias » Antiguidade

Arqueólogos acreditam ter encontrado antigos navios romanos na Sérvia

Atualmente as expedições para confirmar as origens das embarcações, estão paradas por causa da pandemia de coronavírus

Penélope Coelho Publicado em 13/04/2020, às 16h59

Navios descobertos por mineradores na Sérvia
Navios descobertos por mineradores na Sérvia - Divulgação

Recentemente, profissionais de uma mina de carvão na Sérvia se depararam com uma descoberta surpreendente: possíveis navios de 1.300 anos da era romana, que estavam enterrados na lama de um antigo rio, foram localizados.

A mina de Kostolac fica perto da antiga cidade romana de Viminacium, onde uma base do esquadrão dos navios de guerra foi estabelecida, no rio Danúbio. Os barcos estavam cobertos por uma camada de cascalho a mais de 15 metros de profundidade, enterrados por lama, o que conservou as peças em boas condições durante anos.

A maior embarcação evidenciou ainda mais a procedência romana: ela parece ter sido construída com as mesmas técnicas utilizadas na época, mas, infelizmente foi danificada por equipamentos de mineração. Os outros dois navios menores, esculpidos em um tronco de árvore, combinam com as descrições dos transportes que foram usados por grupos Eslavos para efetuar ataques na fronteira romana através do rio Danúbio.

O arqueólogo Miomir Korac, diretor do Instituto Arqueológico e chefe do Projeto de Ciência Viminacium, disse que sua equipe coletou boa parte das peças do navio maior e que eles pretendem reconstruí-lo. O objetivo é entender um pouco mais sobre como esses meios de transporte funcionavam na época.

Para ter certeza da datação dos navios, algumas amostras foram enviadas para um laboratório que realiza análises em madeiras, porém, a pandemia de Covid-19 atrasou esse processo. As respostas sobre a origens dos navios ficarão no ar, até que a pesquisa possa voltar à tona.