Notícias » Arqueologia

Arqueólogos desenterram rua romana de 2 mil anos na Turquia

Impressionante descoberta arqueológica foi feita mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 19/04/2021, às 15h20

Rua romana encontrada na Turquia
Rua romana encontrada na Turquia - Divulgação/Agência Anadolu (AA)

Escavações estão sendo realizadas há meses na região de Amida Hoyuk, um marco histórico na Turquia conhecido como o ‘coração’ da província Diyarbakir. As informações são da agência de notícias estatal turca Anadolu.

Agora, pesquisadores divulgaram uma descoberta impressionante feita no local: uma rua que data do período romano de pelo menos 2 mil anos, localizada na região sudeste do país. O trabalho arqueológico foi liderado pelo professor Irfan Yildiz, da Dicle University.

O especialista contou à Agência Anadolu que as escavações foram realizadas em meio à pandemia do novo coronavírus a partir de medidas rígidas para evitar a proliferação do vírus durante o projeto. 

Ainda assim, muitas informações importantes foram obtidas pela nova pesquisa. Ele afirmou: "Dados muito interessantes continuam a vir do lado oeste do monte que escavamos. A textura das ruas e a estrutura do período começaram a surgir".

Yildiz explicou que a expectativa é que turistas possam visitar a rua romana quando a situação do país em relação à covid-19 já estiver estabilizada. As escavações continuarão, e também é esperado que inúmeros artefatos históricos sejam identificados.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.