Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Almir Sater

Avião roubado de Almir Sater pode ter servindo ao narcotráfico na Bolívia

A aeronave foi roubada em setembro de 2021 em um aeroporto no Mato Grosso do Sul

Éric Moreira, sob supervisão de Ingredi Brunato Publicado em 05/01/2023, às 11h34

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Almir Sater em 'Pantanal', remake da Globo de clássica novela - Divulgação/TV Globo
Almir Sater em 'Pantanal', remake da Globo de clássica novela - Divulgação/TV Globo

Mais de um ano depois do famoso 'arrastão' que resultou no roubo de três aeronaves no aeroporto de Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco) revelou recentemente que apura uma hipótese de que talvez o avião do músico e ator Almir Sater — que estava entre os furtados — estivesse na Bolívia e servindo ao narcotráfico internacional.

Segundo Ana Cláudia Medina, delegada responsável pelas investigações, uma grande apreensão de aeronaves foi feita no aeroporto de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, todas a serviço do narcotráfico. E, entre os aviões, poderia estar o de Almir Sater, que possui características semelhantes às de alguns dos apreendidos, segundo informações do g1.

As aeronaves apreendidas estavam lá a serviço do narcotráfico. Algumas características das aeronaves roubadas em Aquidauana batem com os aviões que estão apreendidos na Bolívia. Nós fizemos todas as gestões para que pudéssemos ter acesso as aeronaves e periciá-las, pois estavam adulteradas", evidencia a delegada.

Atualmente, no entanto, ainda não há confirmação de que o avião de Sater realmente esteja entre os apreendidos na Bolívia. Para confirmar, é necessário que uma perícia técnica seja realizada nos aviões em Santa Cruz de La Sierra, o que atualmente se encontra em negociação com o governo boliviano.

"Aguardamos o posicionamento do governo da Bolívia para a nossa entrada lá. A gente não pode afirmar que são os aviões. As características são parecidas, mas para qualquer tipo de constatação existe a necessidade de ir até o local e periciar. Os modelos são muito semelhantes", complementa, por fim, Ana Cláudia Medina.

Relembre o caso

Na madrugada do dia 6 de setembro de 2021, três aviões foram roubados do aeroporto de Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, por um grupo composto de cerca de 18 pessoas, segundo informações da polícia da época. Os ladrões teriam rendido o vigia do local e forçado-o a abastecer as aeronaves, de acordo com o g1.

Entre os aviões levados, estavam um do tipo bonanza v35b, com matrícula PTING e pertencente ao pecuarista e ex-prefeito de Aquidauana, José Henrique Trindade; um do tipo Sky Lane, com matrícula PTKDI, do pecuarista Zelito Alves Ribeiro e de seu sócio, Joel Jacques; e mais um outro, também do tipo Sky Lane, com matrícula PTDST, do ator e cantor Almir Sater.

A quadrilha que fez o assalto na época era composta por homens "fortemente armados", com alguns deles falando a "língua espanhola" e outros,  "o idioma brasileiro", descreveram as autoridades na ocasião. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!