Notícias » Coronavírus

Beber álcool em festas de fim de ano será proibido em praias peruanas

Medida tem como objetivo impedir o avanço da covid-19 do país e também inclui rios e piscinas públicas

Isabela Barreiros Publicado em 23/12/2021, às 12h00

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay/mikuratv

A venda e consumo de bebidas alcoólicas em praias, piscinas públicas e rios foram proibidas pelo governo peruano durante o período das festas de fim de ano, que inclui o Natal e ano novo.

Segundo comunicado do ministério da Saúde publicado no Twitter, a medida tem como objetivo impedir o avanço da pandemia de covid-19 no país, especialmente com a nova onda da variante ômicron que vem causando preocupação ao redor do mundo.

"Para 25, 26 e 31 de dezembro de 2021 e os dias 1 e 2 de janeiro de 2022 fica proibida a venda e consumo de bebidas alcoólicas e venda de alimentos nas praias, rios e piscinas públicas a nível nacional", declararam as autoridades em nota.

As restrições começaram a ser impostas pelo governo especialmente em áreas que são foco de aglomerações, de acordo com o UOL. O país vem enfrentando um aumento de casos do novo coronavírus nas últimas semanas.

Agora, as regiões com maior número de pessoas contam com um toque de recolher que impõe um horário de 23h00 às 4h00 nos dias 24 e 31 de dezembro, diferentemente do estabelecido anteriormente, que era de 1h00 às 4h00.