Notícias » Europa

Não vacinados na Áustria não poderão ver mais do que 10 pessoas nas festas de final de ano

País adota medidas mais flexíveis em relação a não vacinados

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 18/12/2021, às 08h34

Mural em Viena, na Áustria
Mural em Viena, na Áustria - Getty Images

Com uma queda no número de infecções dentro da Áustria, o governo austríaco abriu, na última sexta-feira, 17, uma exceção para os não vacinados do país, que agora poderão ver até 10 pessoas durante as festas de final de ano. 

Em regra, os cidadãos austríacos que optaram por não se vacinar contra a covid-19 não podem se encontrar com mais de uma pessoa por vez. A medida restritiva deixa de valer durante o Natal e o Ano Novo. 

A Áustria, que agora deixará hotéis abertos até mais tarde durante o Ano Novo, foi o primeiro país da Europa Ocidental que impôs de volta restrições contra covid-19, durante o mês de novembro. As informações são do portal de notícias G1. 

Com a queda no número de casos desde o mês de novembro, então, o governo da Áustria traz medidas mais flexíveis. O ministro da Saúde do país, Wolfgang Mueckstein explica porque o governo está menos rígido. 

Nas semanas recentes tivemos um resultado positivo que queremos usar para dar uma pausa no Natal e lembrar do que é realmente importante”, disse.