Notícias » Brasil

Camarão mal mastigado fez Bolsonaro parar no hospital

Médico particular deu mais informações sobre a internação do presidente, que recebeu alta hoje, 5

Fabio Previdelli Publicado em 05/01/2022, às 16h46

O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro - Getty Images

Após dar entrada no hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo, na última segunda-feira, 3, em decorrência de uma obstrução no intestino, o presidente Jair Bolsonaro recebeu alta na manhã de hoje, 5.

Pouco antes de deixar o centro médico, o médico particular do presidente, Antônio Luiz Macedo, que o acompanha desde 2018, deu mais detalhes sobre o que levou o mandatário brasileiro ser internado. 

Luiz Macedo revelou que um camarão não mastigado corretamente causou a obstrução intestinal. "Eu não almoço, eu engulo. A peixada tinha uns camarõezinhos também, comi e mastiguei o peixe e comi o camarão", disse Jair

O camarão não foi mastigado, é o que ele tá explicando. A gente pede pra que todos fazerem o que a gente faz: mastigar 15 vezes cada garfada", acrescentou o médico. 

Ele também informou que o chefe de Estado seguirá uma dieta especial nas próximas semanas, além de também manter uma rotina de caminhadas. "O presidente está com a saúde muito boa, se recuperando rapidamente”, disse Luiz Macedo

“Quando cheguei [no hospital], o intestino estava começando a funcionar e no dia seguinte já estava funcionando. O presidente vai fazer uma dieta especial por uma semana e caminhadas”, completou.


Bolsonaro recebe alta

Na manhã desta quarta-feira, 5, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PL) usou sua rede social para informar que recebeu alta do hospital Vila Nova Star, localizado na região sul de São Paulo.

O político estava internado desde a última segunda-feira, 3, após interromper suas férias em Santa Catarina, para tratar uma obstrução intestinal. As informações são do portal de notícias g1.

“Alta agora. - Obrigado a todos. - Tudo posso NAQUELE QUE ME FORTALECE”, escreveu Bolsonaro.
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro)

 

O médico e cirurgião Antônio Luiz Macedo, que acompanha o quadro do presidente, desde que ele foi alvo de uma facada, em 2018, descartou a necessidade de uma nova cirurgia.

Durante o período em que ficou hospitalizado, a esposa do presidente, Michelle Bolsonaro, publicou fotografias do político sendo avaliado pelos médicos, em sua rede social oficial.