Notícias » Europa

Caso McCann: justiça nega pedido de liberdade para o principal suspeito do crime

Christian B havia apelado contra uma condenação em outro caso envolvendo estupro, porém, sem sucesso

Penélope Coelho Publicado em 24/09/2020, às 10h24

Madeleine McCann em foto de família
Madeleine McCann em foto de família - Wikimedia Commons

De acordo com informações da agência de notícias AFP, divulgadas pelo portal UOL na manhã desta quinta-feira, 24, o principal suspeito pelo desaparecimento de Madeleine McCann, Christian B, teve seu pedido de liberdade negado pelo Tribunal de Justiça da União Europeia.

Segundo relatado na publicação, o apelo do suspeito envolvia a condenação em outro caso, já que o alemão foi condenado no fim de 2019 a sete anos de prisão após ter sido considerado culpado pelo estupro de uma norte-americana de 72 anos em 2005, na região de Praia da Luz, em Portugal, mesmo local em que Maddie desapareceu.

Christian continuará preso, mas, atualmente cumpre pena por narcotráfico e só começará a cumprir a sentença do estupro quando a primeira condenação terminar, enquanto isso as investigações do caso McCann seguem em andamento.

Além de ser o principal suspeito pelo desaparecimento de Madeleine, o homem também está sendo investigado por um caso de agressão sexual contra uma garota de 10 anos, na região de Algarve, Portugal. O caso aconteceu poucas semanas depois do sumiço da criança britânica.