Notícias » Arqueologia

Cavalo ancestral do tamanho de um cachorro ganhará reconstrução 3D

O animal pertence a uma linhagem ancestral dos cavalos atuais, e mais se parece com uma anta

Caio Tortamano Publicado em 20/08/2020, às 14h57

Fóssil de espécie antecessora dos cavalos
Fóssil de espécie antecessora dos cavalos - Divulgação - HLMD

Os ossos de um cavalo primitivo de tamanho incomum foram encontrados em um poço de petróleo na Alemanha — famoso por conter diversos fósseis preservados — 5 anos atrás. Medindo mais ou menos o tamanho de um cachorro pequeno, a criatura de 48 milhões de anos é um equino nativo da Europa e da Ásia.

A partir dos fósseis, foi possível constatar alguns fatos sobre a espécie e fazer suposições sobre o estilo de vida. Os pequenos ancestrais dos cavalos se assemelham muito com uma anta, mas deviam pesar por volta de 10 quilos e ter somente 50 centímetros de altura. A pelagem seria como a de um cervo moderno.

Na época, os equinos não apresentaram pernas alongadas como as atuais espécies até, pelo menos, 34 milhões de anos atrás. Com a mudança de ambiente, os animais foram evoluindo para ambientes abertos, como campos, fazendo com que os mais aptos a sobreviver (escapar de predadores rápidos) predominassem.

Representação de espécie antecessora dos cavalos / Crédito: Divulgação - HLMD

 

Como forma de celebrar os 25 anos de descoberta do poço em que foi encontrado — declarado patrimônio histórico da humanidade pela Unesco, em 1995 — o Propalaeotherium voigti será reconstruído em 3D pelo paleontologista Martin Fischer, da Universidade Friedrich-Schiller em Jena, Alemanha, em colaboração com os artistas Amir Andikfar e Jonas Lauströer, a partir de uma tomografia computadorizada de alta resolução.