Notícias » Geologia

Cientistas descobrem evidências sobre a formação dos continentes

Para os pesquisadores, as ilhas Kerguelen podem fornecer algumas respostas esclarecedoras

Penélope Coelho Publicado em 20/06/2020, às 09h05

Vista da península de Rallier du Baty no Mount Commandant, Ilhas Kerguelen
Vista da península de Rallier du Baty no Mount Commandant, Ilhas Kerguelen - Divulgação

De acordo com reportagem publicada pelo site Heritage Daily, uma equipe de pesquisadores franceses e australianos, liderados pela instituição Géosciences Environnement Toulouse — encontraram a formação de um continente embrionário, dentro do planalto oceânico de Kerguelen, perto da Antártica.

Durante a longa exploração do local, os geólogos descobriram sinais do surgimento de uma espécie de ‘novo continente’, devido à existência de um magma de granito. Para os pesquisadores, essa descoberta ajuda a entender melhor sobre a formação dos grandes continentes, além de esclarecer as mudanças que a superfície da Terra pode sofrer ao longo dos anos.

Através da estrutura interna das rochas, os pesquisadores encontraram a presença de sienito, dessa forma, os estudiosos analisaram a datação das pedras a fim de reconstruir a história do local, para entender quanto tempo essa formação levou. Com isso, os cientistas encontraram fortes semelhanças com a estrutura de uma crosta continental.

Apesar da descoberta animadora, os estudiosos afirmam que ainda é muito cedo para entender se a ilha possui verdadeiramente um continente embrionário. Entretanto, as pesquisas continuam. Atualmente, os pesquisadores da Géosciences Environnement Toulouse, estão estudando a composição química do sienito, com o objetivo de entender a história da evolução dos magmas.