Notícias » Entretenimento

Criador de 'Round 6' fala sobre segurança no set após tragédia de ‘Rust’: 'Nunca vi uma bala real'

Hwang Dong-hyuk explicou que o uso de armas de fogo nas gravações é diferente na Coreia do Sul

Isabela Barreiros Publicado em 11/11/2021, às 13h56

Hwang Dong-hyuk, diretor, e cena de Round 6 (2021)
Hwang Dong-hyuk, diretor, e cena de Round 6 (2021) - Getty Images/Divulgação/Netflix

O criador da série da Netflix “Round 6” (2021), Hwang Dong-hyuk, falou recentemente sobre a segurança em sets de filmagem na Coreia do Sul em meio à repercussão do caso envolvendo o ator Alec Baldwin.

Em 21 de outubro, Baldwin foi responsável por um disparo acidental que causou a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins durante a gravação do filme de faroeste “Rust”, que acontecia no Novo México, Estados Unidos.

Segundo o diretor, na Coreia do Sul, as regras estabelecidas pelas autoridades para o uso de armamento durante as gravações de filmes são diferentes das americanas. No país, não é permitido usar armas de fogo mesmo que para fins de entretenimento.

É claro que temos um mestre de adereços [em Round 6], mas também na Coreia, não somos realmente um país dono de armas, então apenas a polícia pode ter e possuir uma arma,” afirmou Dong-hyuk em entrevista à Variety.

“Por causa disso, as balas não são tão facilmente distribuídas como talvez aqui [nos Estados Unidos], então há uma possibilidade muito baixa de qualquer problema de segurança acontecer no set”, completou.

“Em minha vida, nunca vi uma bala de verdade. Eu só os vi no cinema”, revelou o criador da produção sul-coreana.

“Round 6” é uma série que tem grande presença de armas. Em grande parte das cenas, é possível ver o armamento, visto que se trata de uma produção bastante violenta, em que pessoas participam de uma competição de sobrevivência para ganhar um prêmio em dinheiro.


O acidente

A tragédia se deu no dia 21 de outubro. O gabinete do xerife do condado de Santa Fé, localizado no Novo México, Estados Unidos, declarou que o ator Alec Baldwin, de 63 anos, disparou uma arma durante as gravações do filme ‘Rust’, matando uma pessoa e deixando outra ferida. O artista não sabia que a arma estava carregada.

"O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de 'Rust' foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin", disse a nota.

Conforme repercutido pelo portal de notícias G1, o disparo trágico se deu durante a gravação de uma cena do filme 'Rust', que tem como tema o velho oeste. A produção é estrelada e produzida por Alec. 

O astro se pronuncia

Após o acidente, o ator fez uma publicação nas redes sociais.

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza pelo trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e muito admirada colega nossa. Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu”, disse Alec.

Ele também declarou oferecer suporte para os familiares da diretora neste momento difícil.

“Estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família. Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna”.