Notícias » Segunda Guerra

Em Frankfurt, 12 mil pessoas precisam evacuar a cidade para desativação de bomba da Segunda Guerra

No último domingo, 6, alemães foram instruídos a deixarem suas casas para que um armamento de 500 kg fosse desativado

Alana Sousa Publicado em 07/12/2020, às 15h15

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação/Pixabay

No último domingo, 6, na cidade de Frankfurt, Alemanha, 12,8 mil pessoas foram instruídas a deixarem suas casas, o motivo foi que as autoridades iriam desativar uma bomba da Segunda Guerra Mundial, originária do Reino Unido.

O armamento de 500 kg foi encontrado em um canteiro de obras em Gallus, porém caso ela explodisse sua destruição poderia alcançar uma distancia de 700 metros. Por precaução, a polícia optou por fazer a evacuação total das proximidades.

Só este ano a Alemanha realizou sete operações para desativações de bombas deixadas pelo conflito mundial. Acredita-se ainda que centenas delas estejam perdidas, causando uma sensação de pânico pelo estrago que elas são capazes de causar.

No ano de 2017, uma bomba de 1,4 toneladas fez com que 65 mil pessoas precisassem evacuar Frankfurt, tornando-se a maior evacuação ocorrida na Europa desde o fim da guerra, em 1945.

Sobre a Segunda Guerra

Ocorrida entre 1939 e 1945, o segundo conflito militar se dividia entre Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e Aliados (França, Inglaterra, EUA e URSS). Com batalhas sangrentas deixando de 70 a 85 milhões de mortos, a Segunda Guerra ficou marcada pelos horrores da Alemanha Nazista e dos campos de concentração, organizados pelo partido de Adolf Hitler.

Nomes como o de Winston Churchill, Franklin D. Roosevelt e Josef Stalin foram de grande importância para combater os regimes fascistas de Hitler e Benito Mussolini. Um dos capítulos mais sombrios e notórios do século 20 deixou marcas na humanidade que, até hoje, não foram totalmente resolvidas.