Notícias » Estados Unidos

Embarcação que naufragou com 4.200 carros será cortada e retirada do oceano por estacas gigantes

O navio, que afundou há mais de um ano, levou milhares de veículos para o fundo do mar, dificultando a operação de resgate

Alana Sousa Publicado em 29/10/2020, às 12h00

Navio antes do naufrágio
Navio antes do naufrágio - Divulgação

Há pouco mais de um ano, em 8 de setembro de 2019, o navio Golden Ray, que pertence a Hyundai Glovis, transportava 4.200 mil carros pelo oceano e naufragou na costa da Geórgia, nos Estados Unidos. Agora, uma solução insólita vai ser tomada para retirar os restos da embarcação do mar.

Especialistas irão utilizar uma serra gigante para cortar o navio em oito partes e assim remover os pedaços um por um do fundo do oceano. Serão usadas estacas de ferro de 23 metros de comprimento, uma garra com aproximadamente 200 metros de comprimento, âncoras e, ainda, um guindaste.

Veículos no interior do navio naufragado / Crédito: Departamento de Recursos Naturais da Georgia

 

A empresa pretende reutilizar grande parte dos veículos, mesmo que algumas peças tenham seu destino traçado na parte de reciclagem. Por conta do alto risco de incêndios na operação, algumas latarias poderão ser danificadas.

O resgate, que demorou meses para acontecer, estava paralisado devido as fortes tempestades que permanecem na região durante uma parte do ano; em seguida, a pandemia do coronavírus se agravou, limitando o trabalho desses profissionais, que só receberam permissão para efetuar o plano recentemente.