Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Avatar 2

Entenda porque 'Avatar 2' é odiado na Nova Zelândia

'Avatar: O Caminho da Água', do premiado diretor James Cameron, provocou críticas dos neozelandeses

Redação Publicado em 31/01/2023, às 17h54

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena do filme 'Avatar: O Caminho da Água', do diretor James Cameron - Divulgação/20th Century Studios
Cena do filme 'Avatar: O Caminho da Água', do diretor James Cameron - Divulgação/20th Century Studios

O filme “Avatar: O Caminho da Água”, do premiadodiretorJames Cameron, já alcançou a marca de uma das maiores bilheterias do cinema, arrecadando US$ 2,074 bilhões em todo o mundo.

No entanto, o que poucas pessoas sabem é que os moradores da Nova Zelândia não aprovaram o enredo final da obra, alegando, entre outras questões, que ocorreu apropriação cultural. 

Segundo informações divulgadas pelo jornal The Washington Post, além da apropriação, os cidadãos da Nova Zelândia, um dos locais usados como cenário para o filme, acusam a equipe de Cameron de glorificar e romantizar o colonialismo e o genocídio dos povos locais. Cheney Poole, morador de Christchurch, afirmou em entrevista:

Isso romantiza muito a ideia do que não apenas os maoris estão passando, mas muitas culturas indígenas ao redor do mundo e quase minimiza o sofrimento". 

Outra questão criticada é que, em 2020, durante a pandemia de Covid-19, as autoridades do país liberaram por meio de um ofício a entrada das equipes de filmagens mesmo com todas as fronteiras fechadas. 

James Cameron

De acordo com o portal CineBuzz, em resposta aos neozelandeses, o cineasta declarou:

Acho que o importante é ouvir e ser sensível aos problemas que as pessoas têm… As pessoas que foram vítimas históricas estão sempre certas. Não cabe a mim, falando de uma perspectiva de privilégio branco (...), dizer a eles que eles estão errados. Eu tenho que ouvir. Eu tenho que dizer: ‘Ok, se é isso que você está sentindo, é o que você está sentindo’. E é válido. É inútil eu dizer: ‘Bem, essa nunca foi minha intenção". 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!