Notícias » Espaço

Estação de pesquisa na Lua será construída por parceria entre China e Rússia

Segundo jornal chinês, a estação estará “aberta para as nações que tenham interesse no projeto”

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/03/2021, às 14h20

Imagem meramente ilustrativa da Lua
Imagem meramente ilustrativa da Lua - Divulgação

Hoje, 9, os governos da China e Rússia fecharam um acordo que tem como objetivo construir uma estação internacional de pesquisa na Lua. Segundo o UOL, a decisão, apresentada por meio de um memorando, foi divulgada pela imprensa estatal dos dois países.

O jornal chinês Global Times informou que toda a construção e utilização da estação será realizada de maneira conjunta pelas duas nações. No entanto, ela também estará "aberta para as nações que tenham interesse no projeto, bem como de todos os parceiros da comunidade internacional".

Conforme repercutido pelo UOL, o portal chinês também afirmou: "China e a Rússia vão formular em conjunto o roteiro para a construção da estação lunar e trabalharão de maneira próxima no planejamento, projeto, implementação e operações da estação, o que também inclui a promoção do projeto para a comunidade aeroespacial internacional".

O principal objetivo da parceria entre os dois países é realizar pesquisas científicas na Lua a longo prazo, com projetos exploratórios inclusive na órbita lunar e no solo do astro.

Segundo o jornal chinês e a agência russa Interfax, o memorando contou com a assinatura de Zhang Kejian, da China National Space Administration (CNSA), e Dmitri Rogozin, chefe da agência espacial Roscosmos.