Notícias » Segunda Guerra

Restos mortais de soldados da Segunda Guerra Mundial são localizados em ilha do Pacífico

Os corpos pertencem a soldados que lutaram na batalha de Tarawa, durante a Guerra do Pacífico

Joseane Pereira Publicado em 28/06/2019, às 13h00

None
- Reprodução

A ONG History Flight anunciou a descoberta, em uma remota ilha do Pacífico, de mais de 30 corpos de soldados americanos que lutaram na batalha de Tarawa, que aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial.

A batalha opôs soldados norte-americanos e militares do Império do Japão. Na época, o Comando Militar dos Estados Unidos afirmou que os restos mortais dos militares seriam irrecuperáveis.

Os corpos foram encontrados no atol de Tarawa, a oeste da Papua-Nova Guiné, e identificados como fuzileiros navais e marinheiros do sexto Regimento da Marinha norte –americana. Agora serão enviados ao Havaí, onde especialistas identificarão suas identidades através de DNA e registros dentários.

Crédito: Reprodução

 

"É uma experiência notável devolver a dignidade de pessoas desaparecidas, identificando-as e reunindo-as com suas famílias", afirmou o presidente da ONG, Mark Noah, à rede CNN.

A batalha de Tarawa ocorreu de 20 a 23 de novembro de 1943. Nas apenas 72 horas de confronto, cerca de 6 mil pessoas perderam suas vidas de ambos os lados, e historiadores ainda debatem sua relevância para o contexto da Segunda Guerra Mundial.

A busca por restos mortais continuará sendo feita, e de acordo com a ONG History Flight, pelo menos 270 outros corpos devem ser localizados.