Notícias » Brasil

Líderes do MBL organizam militância em defesa de Mamãe Falei; escute os áudios

Em áudios de Renan Santos e Ricardo Almeida, MBL pede a seus apoiadores combaterem as críticas a Arthur do Val

Redação Publicado em 08/03/2022, às 17h20

Arthur do Val e Renan Santos, líder do Movimento Brasil Livre (MBL)
Arthur do Val e Renan Santos, líder do Movimento Brasil Livre (MBL) - Divulgação / Instagram

Na última semana, o deputado estadual Arthur do Val, o Mamãe Falei, começou a ser profundamente criticado após afirmar, em áudio vazados, que as mulheres ucranianas são “fáceis porque elas são pobres”, além de sinalizar sua atração por mulheres que estavam na fila de refugiados da guerra.

Após os questionamentos e declarações de outros políticos, além de um apoio cada vez maior para a cassação de Do Val, foi revelado, nesta terça-feira, 8, que os líderes do MBL, Movimento Brasil Livre, estão pedindo a defesa online de Mamãe Falei. A notícia vem depois de Arthur do Val se desligar do MBL

De acordo com a cobertura do jornal Folha de S. Paulo, o coordenador do movimento, Renan Santos, que viajou com Do Val para a Ucrânia, guiou os apoiadores do MBL para a rede social Twitter, na qual eles deveriam publicar a favor de Mamãe Falei e expressou sua discordância em relação à cassação do deputado.

O que dá para fazer agora? Vocês precisam ir para o Twitter. Vocês precisam fazer o combate nas postagens de pessoas que estão atacando a gente. E nas nossas próprias postagens. Vocês têm que postar várias coisas no Twitter. A gente não precisa puxar hashtag agora, mas a gente tem que dar volume. É um absurdo o que está acontecendo. E outra coisa, teve esse fato novo, a cassação do Kim [Kataguiri] começou a andar. Isso é um lance de tiragem do jogo. Precisamos atuar nisso agora", ordenou.

O coordenador do MBL na Bahia e um dos gestores da plataforma de cursos Academia MBL, Ricardo Almeida, também se expressou aos apoiadores por meio de áudios, focando-se, por sua vez, nos veteranos dos cursos do movimento.

Dando uma ‘missão’ aos inscritos na Academia MBL, Almeida solicitou que publicassem declarações em defesa de Arthur do Val em quaisquer locais que encontrarem — expressando-se sempre que virem críticas ao político.

"A gente está sofrendo um ataque duríssimo, que está ampliando imensamente o que aconteceu. Estão querendo cassar o mandato do Arthur do Val, que é um dos melhores parlamentares que a gente tem e um dos melhores quadros do MBL. E isso é muito sério. Estão fazendo uma campanha contra ele. O que a gente vai pedir para vocês, veteranos da Academia MBL? Que vocês, em todos os posts, em todos os lugares que houver comentários sobre o Arthur do Val, seja no G1, seja no Instagram, seja em perfis de outras pessoas, que vocês comentem defendendo o Arthur. A gente está sob pressão e quer muito a ajuda de vocês agora. Missão da Academia MBL. Onde vocês estiverem e virem que estiver tendo um ataque, vocês defendam o Arthur".

Pronunciamento

A assessoria do grupo confirmou a autoria dos áudios, afirmando que são comandos a qualquer pessoa que apoie o MBL, e expressando a visão da organização em relação à “campanha desproporcional” que critica o Mamãe Falei e defende sua cassação.

"Trata-se de uma instrução para a militância do movimento reagir à campanha desproporcional contra Arthur do Val. Sabendo que o deputado já barrou aumento de impostos, reduziu salários da Assembleia durante a pandemia e sempre apresentou um excelente trabalho, é esperado que haja sim uma defesa por parte dos apoiadores, visto que a cassação é completamente descabida".