Notícias » França

Na França, balas de morango são apreendidas como drogas sintéticas

A confusão aconteceu na última semana, quando a polícia francesa invadiu um laboratório clandestino

Alana Sousa Publicado em 23/03/2021, às 11h30

Imagens divulgadas pela polícia francesa
Imagens divulgadas pela polícia francesa - Divulgação//Twitter/@prefpolice

Na última quarta-feira, 17, a polícia da França anunciou em seu Twitter que havia feito uma grande apreensão em um laboratório ilegal em Saint-Ouen, nas proximidades da capital Paris. Acontece que o lote de drogas sintéticas, principalmente ecstasy e MDMA, era na verdade um saco de balas de morango. A informação foi repercutida pelo portal UOL. 

A reviravolta no caso aconteceu dois dias depois da apreensão, na sexta-feira, 19. No primeiro momento, as autoridades acreditaram que o produto resgatado valeria cerca de 1 milhão de euros (em conversão, algo em torno de 6,5 milhões de reais). Porém, uma análise especializada revelou algo incomum. 

O exame toxicológico apontou “que o pó apreendido no apartamento era um 'pó neutro', que não continha narcóticos ou substâncias tóxicas”, segundo informações divulgadas pela Promotoria de Bobigny à agência de notícias AFP. 

Uma fonte não identificada, que alegou estar envolvida nas investigações, disse que o material não passava de “balas de morango Tagada” que, diferente das drogas ilícitas, são livres para o consumo.