Notícias » Ciência

Novo tipo de inteligência é identificado por neurocientista luso brasileiro

O conceito inovador foi publicado na revista científica International Journal of Development Research

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 30/01/2021, às 09h31

O neurocientista Fabiano de Abreu
O neurocientista Fabiano de Abreu - Divulgação - Índice Toda a Saúde

Fabiano de Abreu, neurocientista luso-descendente, foi responsável por identificar um novo tipo de inteligência, que geralmente não é registrado pelos testes de inteligência realizados nos dias de hoje. As informações foram divulgadas pelo portal Índice Toda a Saúde.

Foi a partir do fato de que essas ‘verificações’ de inteligência não medirem a capacidade exata de uma pessoa que Abreu começou a trabalhar no conceito. Depois de muita pesquisa, ele chegou ao novo tipo de inteligência, nomeado por ele de DWRI (Development of wide regions of intelectual interference).

O conceito está relacionado à capacidade de desenvolver todos os tipos de inteligência. Ela acontece a partir do patrimônio genético, pois é hereditária, surgida logo na formação embrionária. O resultado de se ter uma competência do tipo DWRI é apresentar uma inteligência global, não relacionada a apenas uma área.

Esse tipo de inteligência não está necessariamente relacionado a um alto QI, conforme explicado por Abreu. É possível que o indivíduo com DWRI tenha apenas inteligências específicas. Mas o fato é que elas são, por norma, mais equilibradas, tendo maior capacidade de controle emocional.

O conceito de inteligência desenvolvido pelo cientista foi aprovado pela academia científica recentemente. O estudo que gerou a denominação foi publicado na revista científica International Journal of Development Research.