Notícias » Reino Unido

Operação recupera vaso do século 15 que havia sido roubado na Europa

O artefato da dinastia Ming avaliado em cerca de 2,5 milhões de libras esterlinas, é considerado um objeto raro

Penélope Coelho Publicado em 26/10/2020, às 10h25

Imagem do vaso da dinastia Ming
Imagem do vaso da dinastia Ming - Divulgação / Polícia Metropolitana

De acordo com informações publicadas no último sábado, 24, pela BBC, um vaso da dinastia Ming que havia sido roubado foi recuperado em Charlton, no sul de Londres. Acredita-se que o objeto tenha sido furtado de uma coleção na Suíça por um grupo de crime organizado, em junho de 2019.

O vaso do século 15 foi recuperado durante uma operação policial que investigava a falsificação de uma moeda antiga. Dois homens, de 42 e 44 anos, foram detidos como suspeitos por manuseio de mercadorias roubadas, no entanto, foram liberados após o pagamento da fiança.

O artefato foi avaliado por especialistas em cerca de 2,5 milhões de libras esterlinas, contudo, para o inspetor encarregado pela operação, Jimi Tele, o valor da peça é inestimável: "[O vaso] é único e, portanto, tem um valor cultural incomensurável. Será repatriado no devido tempo”, afirmou.

Atualmente, sabe-se que a investigação deve continuar e a polícia de Londres trabalha em conjunto com autoridades suíças. “Este é um passo significativo no que continua sendo uma investigação complexa sobre um roubo de alto valor”, finalizou Tele