Notícias » Estados Unidos

Passageira defunta: Nos EUA, taxista tem descoberta macabra ao chegar em destino

O departamento de polícia nova-iorquino está atualmente investigando o caso

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 19/08/2021, às 13h57

Fotografia meramente ilustrativa de táxis
Fotografia meramente ilustrativa de táxis - Divulgação / Pixabay / Free-Photos

Na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, um motorista de táxi descobriu, com horror, que a passageira que estava no seu banco de trás não estava simplesmente bêbada, como ele havia pensado, e sim morta.  

O caso, que ocorreu na madrugada da última quarta-feira, 18, foi divulgado pelo Daily Mail e repercutido pelo UOL.

A mulher, que foi descrita apenas como alguém na casa dos 30 anos de idade, foi deixada no carro do taxista por volta das 5 da manhã por uma pessoa não identificada. 

Também foi esta pessoa quem chamou o táxi, avisou que a passageira havia bebido muito, e deu o endereço do destino. 

Foi somente quando a corrida chegou ao seu ponto final, e um amigo da mulher veio buscá-la, que a gravidade da situação da norte-americana inconsciente foi percebida. O taxista a levou então para o hospital às pressas, onde ela foi declarada morta. 

A polícia de Nova York mandou fazer uma autópsia do cadáver para que se pudesse determinar sua causa de morte, e entender assim o que realmente lhe aconteceu. 

Outro detalhe é que até o fechamento desta notícia, a identidade do indivíduo que pediu o táxi ainda não havia sido determinada, de forma que ele não foi chamado para interrogatório.