Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Princesa Diana

Perturbada e irritada, princesa Diana pensou em cancelar casamento, diz livro

Novo livro faz revelação sobre casamento de Diana, princesa de Gales, com o príncipe Charles, herdeiro do trono

por Thiago Lincolins

tlincolins_colab@caras.com.br

Publicado em 05/02/2024, às 10h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O então príncipe Charles ao lado de Diana - Getty Images
O então príncipe Charles ao lado de Diana - Getty Images

Um novo livro faz revelação sobre a turbulenta relação de Diana, princesa de Gales, com o então príncipe Charles, filho da rainha Elizabeth II. De acordo com a obra "My Mother and I", de Ingrid Seward, a jovem quase cancelou o casamento com o herdeiro do trono.

Conforme o livro, Diana pensou em cancelar o casamento às vésperas da cerimônia. Quem a fez mudar de ideia foi Earl Spencer, seu pai. Em um trecho da obra, divulgado pelo Daily Mail, é mencionado um momento que entristeceu Diana

Esgotada

Durante a celebração do aniversário de 21 anos do príncipe Andrew, em Windsor, a futura princesa se sentia 'desesperada'. Isso porque Charles, que havia viajado durante toda a semana anterior sozinho, se recusou a dançar com a noiva. Conforme a autora, Diana se sentia esgotada.

Sentindo-se emocionalmente esgotada, ela começou a dançar freneticamente com um homem após o outro — e finalmente dançou sozinha", explica o livro.

Extremamente frustrada com a situação, Diana se dirigiu até a residência de seu pai após a festa e estava "perturbada, nervosa, irritada e sem intenção de voltar".

Foi Earl, entretanto, que fez a filha se acalmar. Para ele, seria uma 'descortesia' cancelar o noivado enquanto o casamento estava cada vez mais próximo. A escritora também enfatiza que Diana, então jovem de 19 anos, ainda acreditava em 'finais felizes'. 

"Ela não podia negar que ainda queria ser a Princesa de Gales. E, aos 19 anos, ela ainda era jovem o suficiente para acreditar em finais felizes, apesar do que seus instintos lhe disseram naquela noite terrível", explica o livro.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!