Notícias » Brasil

Poço mais profundo da história do país é concluído pela Petrobras

A estatal adquiriu o bloco em 2013, na Baía do Espírito Santo, e já tem destino certo para a extração

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 13/12/2021, às 11h23

Bandeiras da Petrobras junto com a do Brasil
Bandeiras da Petrobras junto com a do Brasil - Getty Images

A Petrobras revelou, na última sexta-feira, 10, que concluiu com sucesso a perfuração do primeiro poço exploratório do bloco ES-M-669, sendo o também mais profundo já registrado na história do país ao alcançar 7,7 mil metros de profundidade, atingindo o pré-sal da Bacia do Espírito Santo.

Por 70 metros a mais, o novo poço bateu o recorde do Parati, descoberto em 2005 na Bacia de Santos a 7.630 metros. Em âmbito de comparação, a empresa explicou que a profundidade é 1,3 vezes maior do que o Monte Kilimanjaro, montanha mais alta da África, localizada na Tanzânia.

A profundidade não foi o único quesito em que novo poço bateu recorde; para atingir o pré-sal, a estatal superou a maior camada de sal já perfurada em território brasileiro, estimada em trecho de 4,85 mil metros, cerca de seis vezes a altura do maior prédio do mundo, o Burk Khalifa, no Qatar.

Apesar de ser um poço exploratório, ele não será unicamente dedicado à extração de óleo, mas também análises geológicas das rochas perfuradas e presença de petróleo ou gás na área, além de estudar as pressões nelas existentes, de maneira a compreender o território ao redor para conhecer a bacia. O bloco foi adquirido pela estatal em 2013.