Notícias » Crimes

Polícia encontra cenário insólito em casa de suspeito de colecionar pornografia infantil

O homem foi preso em Cabo Frio, na região dos Lagos do Rio de Janeiro

Fabio Previdelli Publicado em 01/12/2021, às 17h23

Foto tirada dentro da casa do suspeito
Foto tirada dentro da casa do suspeito - Divulgação/ Polícia Civil do Rio de Janeiro

Na noite de ontem, 30, um mandado de busca e apreensão foi expedido pela Justiça do estado de Santa Catarina.

A ordem foi cumprida pela Polícia Civil (PC) da 126ªDP, que acabou resultando na prisão de um homem de 35 anos em Cabo Frio, na região dos Lagos do Rio de Janeiro. Ele é acusado, entre outras coisas, de pedofilia

Segundo os agentes, a casa do sujeito, localizada na Praia do Siqueira, estava repleta de máscaras e "diversos materiais que lembravam rituais satânicos".

Outro ponto que chamou a atenção é que o nome de uma das prováveis vítimas estava escrito em uma das paredes do local. 

Parede da casa do suspeito/ Crédito: Divulgação/ Polícia Civil do Rio de Janeiro

 

Segundo o UOL, o homem, que não teve a identidade revelada, é acusado de perseguição, ameaça e injúria, além de ter posse de material pornográfico de crianças e adolescentes.

A PC de Santa Catarina informou que o sujeito chegou a perseguir, pelas redes sociais, uma menina de 14 anos, moradora de Laguna. Além do conteúdo pornográfico, as autoridades recolheram dois cadernos com senhas de acesso a sites relacionados a esse tipo de conteúdo.

Conforme mostram imagens divulgadas pelos policiais, é possível ver que a parede de um dos cômodos tinha algumas palavras escritas, como "terror", "moça bonita” e “mato ela”. Desenhos de cruzes, estrelas e covas também foram identificados, além de máscaras usadas em filmes de terror.