Notícias » Brasil

'Que Deus o perdoe', diz filha que estava brigada com Olavo de Carvalho

O escritor e influenciador conhecido pelos ideais de extrema-direita, faleceu na última segunda-feira, 24

Redação Publicado em 25/01/2022, às 11h10

Heloisa e Olavo em fotografia pessoal
Heloisa e Olavo em fotografia pessoal - Divulgação / Redes sociais

Conhecida pelas discordâncias com o pai, a filha de Olavo de Carvalho, Heloísa, deixou as críticas de lado e lamentou o falecimento do guru político, compreendendo que, independente do teor de rivalidade construído contra a figura, a comemoração de um falecimento "de qualquer pessoa é assinar o atestado de total falta de humanidade”.

Apesar de pedir respeito pelo parente, ela não deixou de lado o reconhecimento de seus problemas e, junto de uma fotografia dele, comentou: "Que Deus perdoe ele de todas as maldades que cometeu". Com Olavo ainda vivo, Heloísafez frente contra os ideais conservadores de direita propagados pelo pai.

A proximidade de ambos se rompeu em 2017, com ela reiterando que sempre foi "orfã de pai e mãe" devido a criação. Chegou a lançar um livro junto com o escritor Henry Bugalho em 2019, de título 'Meu Pai, o Guru do Presidente - A Face Ainda Oculta de Olavo de Carvalho', contando os bastidores profissionais e familiares do guru. Dois anos depois, ela se filiou ao PT, partido muitas vezes escarnecido por Olavo.

O conselheiro político do presidente Jair Bolsonaro faleceu na noite da última segunda-feira, 24, após semanas internado em um hospital no condado de Richmond, no estado norte-americano de Virginia. Não há menção oficial sobre a causa da morte, contudo, no dia 16 de janeiro, ele anunciou que estava infectado com covid-19.