Notícias » Rússia x Ucrânia

Rússia diz que retirada de tropas foi “gesto de boa vontade”

Após Exército deixar o norte da Ucrânia, imagens de centenas de corpos espalhados pelo chão na cidade de Bucha comoveram o mundo

Fabio Previdelli Publicado em 06/04/2022, às 11h42

Túmulo de um residente local é visto ao lado de blocos de apartamentos, em Bucha
Túmulo de um residente local é visto ao lado de blocos de apartamentos, em Bucha - Getty Images

Entrando em seu 42º dia, a invasão da Rússia à Ucrânia ganhou capítulos inesperados e cruéis nas últimas horas. Afinal, após as tropas de Vladimir Putin deixarem as regiões norte do país, mais especificamente as cidades de Kiev e Chernihiv, centenas de corpos foram encontrados espalhados pelas ruas de Bucha

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, classificou os ataques ao local como um genocídio contra seu povo. Em contrapartida, os russos alegam que o cenário foi ‘encomendado’ pelos Estados Unidos

Indo além neste assunto, o governo russo não só se defendeu das acusações como também afirmou que a retirada de tropas do local foi um “gesto de boa vontade”, já pensando nas negociações de um cessar-fogo. 

"Decidimos dar este passo como um gesto de boa vontade para criar condições favoráveis [para um negociação]”, disse Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, conforme noticiado pelo UOL. 

Podemos tomar decisões sérias durante as negociações e, portanto, o presidente Putin ordenou a retirada das tropas da região", completou.