Notícias » Entretenimento

Rust: armeira assume que ‘não verificou muito’ o revólver

O ator Alec Baldwin deu o tiro que matou a diretora de fotografia do filme, mas, não sabia que o equipamento estava carregado

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 01/12/2021, às 13h14

Imagem de Alec e Halyna momentos antes do disparo ser efetuado, como revelou funcionário
Imagem de Alec e Halyna momentos antes do disparo ser efetuado, como revelou funcionário - Divulgação / Instagram / Serge Svetnoy

Na última terça-feira, 30, Hannah Gutierrez-Reed, armeira encarregada de municiar o elenco do filme “Rust”, disse à polícia que “não verificou muito bem” a arma responsável pelo tiro fatal contra a diretora de fotografia Halyna Hutchins, entregue ao ator Alec Baldwin, que efetuou o disparo acidental.

A investigação tenta entender como a bala real chegou até o cano do revólver, de uso puramente cenográfico. Contudo, ela nega que realizou a introdução, acrescentando em depoimento que, antes de fazer uma pausa para o almoço, carregou a Colt .45 com cinco balas falsas, deixando a arma repousando em um cofre até o retorno.

Em âmbito de análise, 500 balas foram apreendidas pela polícia local, que identificará as falsas e possíveis balas verdadeiras que poderiam compor o pente do revólver. Seth Kenney, que fornecia armas para a produção e outras filmagens rodadas no estado do Arizona, também está sendo investigado, como informa o portal G1.

Relembre o caso

A tragédia se deu no dia 21 de outubro. O gabinete do xerife do condado de Santa Fé, localizado no Novo México, Estados Unidos, declarou que o ator Alec Baldwin, de 63 anos, disparou uma arma durante as gravações do filme ‘Rust’, ambientado no faroeste, matando uma pessoa e deixando outra ferida.

"O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de 'Rust' foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin", disse a nota da produtora, acrescentando que o artista não sabia que a arma estava carregada.