Notícias » Família Real Britânica

Sem amor dos pais: Biografia revela polêmica frase de Diana sobre Charles

Em novo livro sobre a família real, a autora Ingrid Seward aborda aspectos polêmicos na criação do príncipe de Gales. Confira!

Penélope Coelho Publicado em 22/09/2020, às 11h23

Príncipe Charles, rainha Elizabeth II e princesa Diana no Palácio de Buckingham em 1981
Príncipe Charles, rainha Elizabeth II e princesa Diana no Palácio de Buckingham em 1981 - Getty Images

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Daily Mail, uma nova biografia sobre o príncipe Philip vem gerando curiosidade, já que o livro faz revelações polêmicas sobre a relação do príncipe de Gales com seus pais.

A obra intitulada Prince Philip Revealed, escrita pela biógrafa Ingrid Seward aborda a vida do marido de Elizabeth II e revela como o nobre é como pai. De acordo com o livro, Charles teve que seguir o mesmo caminho de seu progenitor mesmo quando isso não o agradava: “Quando se tratava da educação de Charles, Philip insistia em que seu filho seguisse seus passos e estudasse em Gordonstoun, no norte da Escócia”, revelou.

Ainda segundo a reportagem, Seward comenta sobre a visão de Diana em relação à criação de seu esposo, de acordo com a biógrafa, Lady Di havia comentado que Charles teve uma infância pouco afetuosa o que chegou a afetar a relação do casal:

“Ele nunca teve nenhum amor prático de seus pais. Só suas babás demonstravam afeto por ele, mas isso, como Diana explicou, não era o mesmo que ser beijado e acariciado por seus pais, o que Charles nunca foi. Quando ele conheceu seus pais, eles não se abraçaram: eles apertaram as mãos. Por causa de sua educação, ele não conseguia ser tátil com sua própria esposa. Ela disse: 'A única coisa que ele aprendeu sobre o amor foi apertar as mãos'”, contou Ingrid em entrevista ao Daily Mail.