Notícias » Brasil

Traficante Elias Maluco, responsável pela morte de Tim Lopes, é encontrado morto

Conforme apurado pelo UOL, Maluco foi encontrado com marcas de enforcamento

Redação Publicado em 22/09/2020, às 19h41

Elias Maluco já preso
Elias Maluco já preso - Divulgação

Elias Maluco, um dos maiores traficantes do Rio de Janeiro, foi encontrado sem vida hoje, 22, na Penitenciária Federal em Catanduvas, Paraná.

Conforme apurado e divulgado pelo UOL, o cadáver de Maluco foi descoberto com marcas de enforcamento, todavia, o que causou a morte ainda não foi divulgado oficialmente. O óbito do criminoso foi confirmado pelo Depen.

"A família foi comunicada pelo Serviço Social da unidade. O Depen informa, ainda, que preza pelo irrestrito cumprimento da Lei de Execução Penal e que todas as assistências previstas no normativo são garantidas aos privados de liberdade que se encontram custodiados no Sistema Penitenciário Federal", comunicou o departamento através de uma nota.

A execução de Lopes

Elias é um dos responsáveis pela morte do jornalista Tim Lopes. Na época, o criminoso foi sentenciado a 28 anos e seis meses de prisão por ter sido o mandante do crime. Em uma tentativa de delatar a exploração de menores em bailes funks, Lopes foi reconhecido por criminosos que o condenaram a pagar as denúncias com a própria vida.

“Levado pelo bando de Elias Maluco a local ermo, ele foi torturado até a morte, teve o corpo esquartejado e encharcado de gasolina antes de ser carbonizado numa fogueira, dentro de pneus de carro, método conhecido como micro-ondas pelos moradores da favela da Grota. Só no dia 5 de julho o exame de DNA confirmou que a ossada encontrada em cemitério clandestino localizado no alto do morro era mesmo do jornalista”, afirma a autora Valetina Nunes na obra 365 Dias Que Mudaram A História do Brasil.

++Entenda o caso Tim Lopes.