Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Flordelis

Última Igreja fundada por Flordelis fecha suas portas

Após assassinato de seu marido, filiais do ministério de Flordelis e sua sede entraram em crise e fecharam aos poucos

Redação Publicado em 04/07/2022, às 18h57

Ex-deputada e pastora Flordelis em entrevista - Divulgação/Youtube/SBT News
Ex-deputada e pastora Flordelis em entrevista - Divulgação/Youtube/SBT News

A última igreja fundada pela pastora e ex-deputada, Flordelis dos Santos de Souza, acusada de ser mandante do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, fechou suas portas. A sede do Mutondo, estava sob comando de Gerson da Conceição, filho de consideração de Flordelis.

Desde antes da prisão da ex-deputada em agosto de 2021, as cinco filiais já enfrentavam uma crise pelo baque da morte de Anderson do Carmo. A revelação de que o assassinato tinha ligação com a família, ocasionou no afastamento de fiéis e pastores, alguns filhos de Flordelis

Esses membros do Ministério Flordelis, migraram para outras Igrejas ou fundaram suas próprias instituições levando os fiéis consigo. O Ministério possuía filiais em Jardim Catarina, em São Gonçalo, Pendotiba e Piratininga, em Niterói e em Itaboraí e Itaipuaçu, em Maricá.

Esses ex-membros também fundaram em setembro de 2021, o Ministérios Yeshua, em Piratininga. O presidente da nova Igreja, é Carlos Ubiraci, também filho de consideração da pastora e ex- presidente do Ministério Flordelis e responsável pela filial de Piratininga. Ele, que foi preso em agosto de 2020, acusado de envolvimento no crime, assumiu o novo cargo após ser absolvido em maio desse ano

Carlos Ubiraci já contou com a ajuda de Flordelis para a fundação de uma nova Igreja, enquanto estava atrás das grades, mas depois que sua mulher e filha foram expulsas da casa da família, rompeu com a pastora.

As Igrejas, que geravam grandes despesas por funcionarem em imóveis alugados, chegaram a ter receita de até R$ 2 milhões de reais mensais em 2018, como afirmou Flordelis em depoimento à polícia.

De Igreja à Fábrica

Os ex-integrantes do Ministério Flordelis, venderam toda a mobilia dos templos e equipamentos para a Assembleia de Deus Ministério Saracuruna. Eles também passaram o ponto da sede do Mutondo, última igreja fundada pela pastora e ex-deputada. A Assembleia investiu no funcionamento do local durante algumas semanas, mas depois voltou atrás. O lugar, hoje, é um fábrica de lajes. 

Gerson da Conceição, o Gerson Baiano, filho afetivo de Flordelis responsável pelo comando da sede, abriu sua própria igreja, a Comunidade Evangélica Manassés, a cerca de um quilômetro do local.  Ele permaneceu na Igreja até o seu encerramento, após a prisão da pastora.