Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Velozes e Furiosos

Velozes e Furiosos: Produtora paga R$ 5 milhões após acidente com dublê

Durante as gravações do nono filme da franquia, um duble sofreu um grave acidente, culminando em uma multa de quase R$ 5 milhões

Redação Publicado em 27/11/2023, às 18h34

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena do filme Velozes e Furiosos 7 - Divulgação/Universal Pictures
Cena do filme Velozes e Furiosos 7 - Divulgação/Universal Pictures

Durante as gravações do filme ‘Velozes e Furiosos 9’, um dublê sofreu uma queda de mais de 7 metros, onde acabou batendo a cabeça. Agora, a produtora responsável pelo longa, FF9 Pictures Limited, da Universal Pictures, foi multada em £800.000 (cerca de R$ 5 milhões).

Conforme repercutido pela CNN Brasil, o dublê Joe Watts sofreu a queda no estúdio, durante a gravação de uma cena de luta. No momento do ocorrido, a corda de segurança presa ao seu colete de proteção se soltou, causando o acidente. O profissional teve o crânio fraturado e um quadro de traumatismo craniano, que deixou sequelas permanentes.

Em sua investigação, a Health and Safety Executive, órgão governamental de segurança do Reino Unido, encontrou uma série de falhas de segurança, entre elas o uso de coletes inapropriados para cenas de grande impacto.

O inquérito também constatou que a FF9 Pictures Limited não havia posicionado adequadamente o tapete de proteção, utilizado na gravação de cenas de queda como aquela. Além disso, o set de filmagens deveria ser inspecionado a cada seis meses, o que não ocorreu. 

Outros detalhes

A condenação ocorreu após a produtora se declarar culpada por violação da Lei de Saúde e Segurança no Trabalho. Em um documento, a inspetora da Health and Safety Executive, Roxanne Barker afirmou que os ferimentos de Watts “mudaram sua vida e ele poderia facilmente ter morrido. No trabalho de dublê, não se trata de prevenir uma queda, mas de minimizar o risco de lesão.”

Em sua sentença, a juíza Talwinder Buttar ressaltou que o dublê tem sorte de ter saído do set com vida e acrescentou que ficou surpresa com o posicionamento do tapete durante a gravação. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!